Home > Notícias

Apple se recusa a consertar iPhone e é processada por consumidora

Charlene Gallion afirma que seu aparelho apresentou um “falso positivo” no indicador de imersão em líquido

Redação da Macworld Brasil

19/04/2010 às 8h49

Foto:

Ao procurar a assistência da Apple para consertar seu iPhone 3G, a consumidora norte-americana Charlene Gallion teve uma surpresa. Ela foi informada que seu aparelho tinha sido mergulhado em um líquido e que a garantia não cobria esse tipo de coisa.  O caso foi divulgado pelo site Apple Insider.

Para comprovar isso, os atendentes alegaram que o indicador de imersão em líquido do aparelho apontava o mau uso do equipamento (o que ela nega). Charlene deveria, então, pagar 199 dólares, mais taxas, o que não é um bom negócio, já que um iPhone 3G custa 99 dólares nos Estados Unidos.

Em seu processo, ela alega que é um caso claro de abuso, e que a Apple tem progressivamente diminuído a cobertura de problemas do iPhone em sua garantia.  Além disso, segundo a consumidora, a companhia não pode dizer que um produto foi submetido a líquidos sem uma checagem interna.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail