Home > Notícias

Apple também terá que disputar o nome iPad na Europa

Empresa STMicroelectronics, que já possui o nome iPad registrado, não descarta a abertura de um processo, mas afirma que prefere "ter a Apple como cliente"

Macworld/Reino Unido

04/02/2010 às 15h18

Foto:

A empresa de franco-italiana STMicroelectronics pode processar a Apple pelo uso do nome iPad (usado no tablet lançado no dia 27/1). A fabricante de componentes afirma possuir os direitos do nome iPad, que ela utiliza em alguns dos chips vendidos para fabricantes de celulares.

Questionado sobre a abertura de um processo contra a Apple, o presidente da STMicroelectronics, Carlo Bozotti, disse que umas das ambições da empresa é "ter um cliente de grande porte, como a Apple" e se recusou a comentar sobre qualquer ação futura.

O nome do iPad foi registrado na União Europeia pela STM em 14/9/2001, e deve expirar em 1/9. Pelo registro, a empresa  tem o direito de usar a marca em produtos e
componentes eletrônicos,  além de ser impresso em caixas de papel e
softwares de simulação para computadores.

Outras empresas como a Siemens e Fujitsu também possuem o registro da marca iPad, no entanto a Siemens tem o nome classificado para ser usado em motores. Já a Fujitsu briga na Justiça com a Apple.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail