Home > Notícias

Apple teria pedido ao Google para desistir de multitoque no G1

Celular G1 é tecnicamente compatível com tecnologia multitouch, mas Google preferiu não usá-la no aparelho, em uma ação questionável por parte das duas empresas.

Macworld/EUA

11/02/2009 às 12h12

Foto:

Uma das principais reclamações em relação ao G1, celular da HTC com sistema operacional do Google, é a falta da funcionalidade multitoque: sem ela, ações como mudar o tamanho de imagens não chegam nem perto da facilidade que é no iPhone. Enquanto alguns criadores de outras empresas provaram que tanto o hardware quanto o sistema operacional Android podem, tecnicamente, dar suporte a toques múltiplos, a função não foi oficialmente implementada.

De acordo com uma fonte anônima que falou com o Venture Beat, a razão por trás da decisão de continuar no esquema de um dedo só não deve ser tecnológica, e sim política: “A Apple, fabricante do aparelho ícone do multitouch, o iPhone, aparentemente pediu ao Google para não implementá-lo, e o Google concordou, nos disse um membro da equipe do Android.”

Eu não tenho fontes, anônimas ou não, me dizendo o contrário, mas eu acho isso razoavelmente questionável. Quer dizer, talvez Steve Jobs tenha sido surpreendentemente educado e tenha dito um “muitíssimo por favor”, mas a ideia de que o Google tenha estragado seu produto só para deixar a Apple feliz, soa, para não dizer mais, um pouco incomum. A maioria das empresas não tem a política de tomar prejuízo para beneficiar outra empresa – mesmo que aliada. E outra: a HTC não se envolveu no desenvolvimento do celular?

Eu sei que a Apple e o Google são como carne e unha hoje em dia, mas inverta a situação: se o Google tivesse pedido para a Apple não implementar uma função muito importante no iPhone antes de lançá-lo, eu não posso deixar de imaginar que o resultado seria Steve Jobs tendo que colocar o telefone no mudo porque gargalhou tão alto que começou a chorar.

E novamente, talvez o Google tenha razões para acreditar que a patente da Apple sobre o multitoque seja suficientemente forte para que eles não queiram estar do lado errado da batalha nos tribunais. Agora o Palm Pre vai ter todos os holofotes para si.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail