Home > Notícias

Apple usa nome de sistema operacional da Cisco no iOS

Empresa de dispositivos para redes já havia processado a companhia de Steve Jobs em 2007, por conta do nome iPhone; desta vez, porém, não haverá disputa judicial

IDG News / EUA

07/06/2010 às 19h51

Foto:

Três anos após ser processada por dar ao seu iPhone o mesmo nome de um produto da Cisco, a Apple virou mais uma página do caderno da empresa, ao renomear o seu sistema operacional para iOS.

O novo nome foi revelado no dia 7/6 pelo CEO da Apple, Steve Jobs, durante a conferência anual da companhia (WWDC 2010), em São Francisco, nos Estados Unidos. O motivo alegado para a troca é que não fazia mais sentido chamar o sistema de iPhone OS, uma vez que ele também é utilizado em outros aparelhos, como iPad e iPod Touch.

Coincidentemente, IOS é o mesmo nome que a Cisco utiliza para o seu Internetwork Operating System, o que poderia gerar problemas jurídicos para a Apple. Em janeiro de 2007, após o anúncio do iPhone, a Cisco processou a Apple, alegando que já havia registrado o nome iPhone como uma marca registrada para os seus telefones voltados para a telefonia via Internet.

No entanto, desta vez não haverá nenhum processo ou problema parecido. Isso porque as duas empresas se entenderam antes do anúncio no evento de hoje.

wwdcjobs38-588.jpg

Jobs durante o anúncio do novo iOS 4 na WWDC 2010; nome mais uma vez "emprestado" da Cisco.

“A Cisco concordou em licenciar a marca registrada iOS para a Apple para o uso do nome do sistema operacional da Apple para iPhone, iPod Touch e iPad”, informa o porta-voz da Cisco, Kristin Carvell. “A licença é apenas para o uso da marca registrada e não vale para nenhuma outra tecnologia.”

Carvell se recusou a fornecer os termos do contrato de licenciamento ou mais informações sobre o negócio. A Apple não respondeu a um pedido de comentário sobre o assunto.

A Apple está tendo uma atitude conservadora ao licenciar o nome da Cisco, cujos roteadores e switches são muito diferentes dos produtos da Apple, informa Michael Atkins, um parceiro de propriedade intelectual com o escritório de advocacia Graham & Dunn, em Seattle.

“Eu não sei se um sistema operacional para o iPad e para o novo iPhone iria cair dentro da descrição de bens que a Cisco explicou em seus registros de marca registrada”, explica. “Penso que é mais um esforço para evitar uma briga no futuro.”

O IOS da Cisco não foi a única marca registrada que a Apple licenciou para apresentar nesta segunda. A companhia também comprou o nome FaceTime – utilizado para o novo app de chamada de vídeo do iPhone 4 – de uma companhia de softwares de segurança de redes sociais, que irá mudar seu nome nos próximos meses, transferindo-o completamente para a Apple.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail