Home > Notícias

Apple vai às compras e leva duas empresas de recomendação de conteúdo

As companhias Swell, especializada em programas de rádio, e a BookLamp, em recomendação de livros, agregam algoritmos para a empresa de Cupertino

Da Macworld USA

30/07/2014 às 2h01

booklamp-swell 520.jpg
Foto:

O ritmo de compras da Apple que estava quente nos útimos anos ainda não arrefeceu. A empresa anunciou esta semana a compra de duas companhias especializadas em serviços de conteúdo, com as quais a Apple deverá turbinar seu algoritmo de recomendação.

Uma das empresas, a Swell, foi descrita pelo site Re/code no final de semana como "a Pandora do rádio falado". Entre os parceiros da Swell estão as redes ABC News Radio, PRI, NPR e a franquia de eventos TED. O serviço foca-se em entender o que os usuários gostam de ouvir na categoria de programas falados e sugere conteúdos similares. Segundo o Re/code a transação está avaliada em US$ 30 milhões.

Desde esta terça-feira, a app Swell não está mais disponível para download e o site foi substituído por uma mensagem de agradecimento. Uma reportagem do jornal The Wall Street Journal confirmou a transação.

Também no final de semana, o site TechCrunch divulgou a informação de que a Apple teria adquirido a BookLamp, também categorizada pelo site como sendo "a Pandora dos livros". Entre as realizações da companhia estão o Book Genome Project, um serviço que pode analisar textos e recomendar outros livros semelhantes para os leitores. A compra está estimada entre US$ 10 a US$ 15 milhões. A Apple confirmou a compra.

No início do mês, durante a divulgação dos resultados financeiros do trimestre, o CEO da Apple, Tim Cook, disse que a companhia comprou 30 empresas desde o início do ano fiscal de 2013.

Entre essas novas compras e a compra recente da Beats, a Apple gastou um bocado de dinheiro investindo em compra de algoritmos inteligentes para analisar e recomendar mídia, o que faz sentido para uma empresa que tem um interesse profundo em todo os tipos de conteúdos e que quer brigar com duas concorrentes de peso - Google e Amazon - pelo interesse dos consumidores.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail