Home > Notícias

Apple vende 61 milhões de iPhones no começo de 2015, mas vê iPad cair

O número só perde para os 74,5 milhões de iPhones vendidos no trimestre passado. O iPad continua em queda livre, com 12 milhões de unidades vendidas.

Da Redação

27/04/2015 às 18h26

tim cook celebrando 520.jpg
Foto:

A Apple® anunciou hoje o resultado financeiro do seu segundo trimestre fiscal de 2015, encerrado em 28 de março, reportando receita de US$ 58 bilhões e lucro líquido de US$ 13,6 bilhões. Durante o período a empresa vendeu 61 milhões de iPhones, a segunda maior venda da sua história (só perde para os fantásticos 74,5 milhões de aparelhos vendidos no trimestre passado).

O ganho por ação foi de 2,33 dólares. O resultado da receita é 27% maior que no mesmo período de 2014. A margem de lucro bruto foi de 40,8%. As vendas internacionais responderam por 69% do total da receita da Apple no período e, pela primeira vez na sua história, a receita gerada pelas vendas na China foi superior à receita gerada na Europa.

Segundo a companhia, o crescimento da receita foi turbinado pela venda de iPhones e computadores Mac e também pelo resultado recorde de vendas de aplicativos na App Store℠.

“Estamos entusiasmados pelo fortalecimento do iPhone, Mac e da App Store. Estamos vendo um grande volume de pessoas mudando para o iPhone, mais do que em todos os outros ciclos de lançamento e estamos mais do que entusiasmados de começar o novo trimestre com o lançamento do Apple Watch”, disse Tim Cook no comunicado oficial de resultados.

Durante a call com analistas financeiros, Cook ressaltou seu entusiasmo com o Apple Watch, cujas vendas já superam 1,3 milhões de unidades. "Já temos 3,5 mil apps para o Apple Watch a app store", declarou o executivo. Na call Cook também destacou o desempenho das vendas de desktops e notebooks e comparou com o fraco desempenho do mercado de PCs previsto pelo IDC.

O ponto negativo, que a empresa não consegue resolver, é o iPad, que continua a encolher, tendo venda de apenas 12 milhões de unidades no período.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail