Home > Dicas

Aprenda a ir além da carta 384 em Threes

Por trás da aparência colorida e bonitinha esconde-se um jogo que exige estratégia para chegar aos melhores resultados. Experimente estas nossas dicas.

Serenity Caldwell

27/03/2014 às 14h32

Threes_Abre-435px.jpg
Foto:

Threes é o tipo de jogo que você pode começar a jogar instantâneamente. É bonitinho, tem ótima música e uma premissa simples: “combine números!”. O que poderia ser mais simples do que somar 1 e 2 para fazer um 3?

Mas a julgar pelo numero de vezes que um amigo gritou “odeio esse jogo!” perto de mim, as coisas não são tão simples assim. Suspeito que parte do motivo para ele resmungar tanto é que o meu recorde é uns 61.000 pontos maior que o dele. Me desculpe...

Este é o segredo: como muitos jogos de estratégia, Threes tem regras e procedimentos. As regras são os limites do jogo: não dá pra combinar um 48 com um 24, e 1 só se combina com 2. Os procedimentos, entretanto, podem ser comparados com as estratégias do Blackjack: cada movimento possível tem uma forma “ideal”, que irá lhe trazer os melhores resultados.

Threes_Score-400px
Ao contrário do que meu amigo acredita, chegar
a mais de 64 mil pontos não é impossível

Não posso dizer que descobri a melhor forma de jogar Threes, já que ainda não consegui atingir as duas últimas cartas: 3072 e 6144. Mas acredito que estou no caminho certo. E talvez eu consiga levar você para lá também.

Antes de começar, algumas dicas básicas

A maioria dos jogadores de Threes conhece as dicas básicas, que são mostradas no tutorial. Caso você as tenha esquecido, aqui estão algumas coisas nas quais você deve pensar enquanto joga.

Sempre alinhe os 1 e 2

As cartas 1 e 2 são as mais traiçoeiras, já que só podem se combinar umas com as outras. Por isso você vai querer equilibrar o tabuleiro e não ter um monte de cartas 1 em um canto. Voce também deve ser cuidadoso para não deixar cartas 1 e 2 presas entre cartas 3 ou mais altas. Se isso acontecer, minha sugestão é trabalhar verticalmente combinando os números “para cima” até soltá-las.  

Threes_Basico-400px
Ter um monte de 1 no mesmo canto do tabuleiro não é bom

Preste atenção à próxima carta

Para evitar ter uma mistura de cartas 1 e 3, preste atenção à prévia da próxima carta, mostrada em “next” no topo da tela, e tente colocá-la de uma vez onde pertence.

Novas cartas aparecem no local do inicio de seu movimento

Se você deslizar as cartas da direita para a esquerda, a próxima carta irá aparecer na coluna mais à direita de qualquer uma das linhas. Se deslizar de baixo para cima, a carta irá aparecer em qualquer uma das colunas da linha inferior.

A probabilidade de uma cara aparecer em uma linha ou coluna específica aumenta quanto você só está movendo ela (ou seja, as outras linhas e colunas estão presas)

Sempre use o preview

Você pode ver o resultado de um movimento sobre o tabuleiro deslizando lentamente o dedo na direção desejada. Isso é essencial para ver quais combinações serão feitas e encontrar a melhor jogada.

Veja este exemplo: imagine que você tem dois 6 um do lado do outro, em uma linha lotada cercada de cartas brancas, e a próxima carta é um 2. Você pode combinar os 6, ou então mover um deles uma linha para baixo e alinhar verticalmente um 1 e um 2.

threes-preview-100251064-medium
O preview é seu amigo

Embora combinar os 6 (e fazer um 12) pareça a melhor idéia, você pode na verdade conseguir ambos os resultados se derrubar um 6 e alinhar o 1 e 2, porque quando eles forem combinados para formar um 3 o 6 que foi baixado se alinhará com o outro novamente. Há vários casos como esse onde analisar um movimento à frente pode te ajudar a conseguir uma pontuação muito maior.

Começando um novo jogo

Quando você começa uma partida, tem no tabuleiro uma mistura de cartas 1 (azuis), 2 (vermelhas) e 3 (brancas). Você pode deslizá-las em praticamente qualquer direção, mas eu tenho um caminho que gosto de seguir: a estratégia dos cantos.

Não sei quem inventou esta estratégia, já que a vi mencionaa em vários blogs desde que o jogo foi lançado, mas é meu ponto de partida. Admito que menosprezei ela quando comecei a jogar, reclamando: “mas ela tira todo meu movimento horizontal!”. É verdade, mas depois de jogar por várias semanas, e usar os cantos na maior parte das partidas, passei a acreditar que os movimentos verticais são muito mais importantes no fluxo do jogo.

E o que é a estratégia dos cantos? Simplificando, você mantém o maior número em um canto, e joga ao redor dele. Eu tive a melhor sorte colocando a carta de maior valor no canto superior esquerdo, combinando cartas verticalmente, sempre para cima, na primeira e segunda colunas.

threes-moving-to-the-top-100251066-medium
Na estratégia dos cantos, a chave é manter a maior
carta sempre num canto, como o superior esquerdo

Quando eu comecei a jogar Threes, era muito fácil conseguir um 12 ou 24 naquele canto superior esquerdo, mas acredito que o jogo foi ajustado desde então, e não me preocupo muito se não consigo colocar meu maior número imediatamente naquele canto. Só foco nisso como um objetivo eventual.

Então, como usar na prática a estratégia dos cantos para obter sucesso?

Se você tem um punhado de 1 e2 soltos próximos ao canto superior ou esquerdo do tabuleiro, foque em combiná-los

Vai ser muito complicado colocar seu número mais alto no canto se você tiver um 1 ou 2 preso lá, cercado de 3 ou 6. No começo do jogo, tento mover em todas as direções e combinar quaisquer 1 e 2 que esteja naquele lado do tabuleiro.

Se seu número mais alto está no meio do tabuleiro, não entre em pânico. Apenas foque na metade superior do tabuleiro

Digamos que seu primeiro 12 ou 24 está na primeira coluna, mas na segunda ou terceira fila. Não se preocupe com ele, apenas se preocupe em manter um tabuleiro “saudável” e combinar números, principalmente neste lado. Geralmente eu não me preocupo a não ser que consiga um 192 e ele não esteja no topo do tabuleiro.

Threes_48-400px
Em tempo, aquele 48 irá se juntar a um amigo no
canto superior esquerdo para formar um 96

Preencha a coluna mais à esquerda com 4 cartas brancas (preferencialmente em ordem decrescente) o mais rápido possível.

Depois que você colocar sua maior carta no canto, é a hora de começar a pensar em combinar cartas maiores. Eu gosto de combinar “pra cima”, com os números menores no canto inferior esquerdo (por exemplo, um 3), números medianos na segunda e terceira linhas (6 e 12) e o maior número acima deles.

Também tento uma estratégia similar em minha segunda coluna, embora tente me certificar de que a segunda, terceira e quarta colunas tenham no máximo três cartas por linha, para que eu tenha liberdade total de movimento vertical e horizontal sem tirar a maior carta do canto. 

ATENÇÃO: ao combinar cartas para cima na coluna mais à esquerda, preste muita atenção à próxima carta. Já tive cartas 1 e 2 presas nesta coluna, cercadas por cartas brancas, porque eu não estava prestando atenção à que carta iria surgir depois de combinar dois 12.

Estratégias para o meio e fim de jogo

Depois de montar seu tabuleiro, você pode continuar com a estratégia básica do canto, mas há algumas sugestões mais avançadas se você encontrar problemas.

Combine verticalmente os números grandes, horizontalmente os pequenos

Depois de conseguir uma carta 384 ou maior, pode ser um pouco incômodo simplesmente combinar números grandes na coluna mais à esquerda. Para combater isso eu tento combinar meus maiores números (48 ou mais) verticalmente nas colunas 1 e 2, e os números menores (3 a 24) horizontalmente nas colunas 3 ou 4 e linhas 1 a 4.

Threes_Canto-400px
Alinhe os 1, 2, 3, 6 e 12 horizontalmente,
combine os números maiores verticalmente

Se você não puder trabalhar de baixo pra cima, trabalhe de cima pra baixo

Quando você chega a números cada vez mais altos, frequentemente terá de trabalhar em ambas as direções verticais para conseguir combinações suficientes. Não há problemas nisso, apenas se certifique de que você está alinhando suas combinações adequadamente, em vez de alternando eles. Por exemplo, 12 / 24 / 12 / 24 é uma coluna ruim, 12 / 24 / 24 / 12 é melhor e 24 / 24 / 24 / 12 é o ideal.

Monte múltiplas combinações

Um dos motivos pelos quais eu gosto de trabalhar com números médios a grandes nas duas primeiras colunas verticais é que eu posso montar múltiplas combinações que podem ser feitas verticalmente (na primeira coluna) ou horizontalmente (da segunda coluna para a primeira coluna). Quanto mais pilhas você fizer, melhor será o resultado quando você finalmente tiver os números corretos no tabuleiro para dobrar sua maio carta.

Adie as combinações

Quando você tiver só um ou doi espaços no tabuleiro e combinações a fazer, evite fazê-las o máximo possível (geralmente até que um movimento perturbe elas). É provável que você consiga mais combinações ao esperar do que fazendo-as de uma só vez, mesmo que isso seja ruim para a próxima carta. 

threes-movin-on-up-100251065-medium
Nada é mais divertido do que combinar uma coluna inteira de uma só vez

Quando só há um espaço sobrando, que movimento irá permitir o maior número de movimentos adicionais?

Como na dica anterior sobre adiar as combinações, use o preview para descobrir que movimento irá lhe dar o maior número de movimentos adicionais. Já cheguei a esse ponto e consegui sair dele posicionando uma carta que consequentemente me permitiu fazer várias combinações até a primeira coluna.

Bônus: regras foram feitas para serem quebradas

Quando você só tem um movimento restante, se mover a carta do canto te der mais alguns movimentos, então mova-a. Você pode acabar arruinando algumas combinações, mas 10 jogadas extras é melhor do que uma.

As outras estratégias

Nenhum guia seria completo sem indicar outras estratégias de sucesso, e há várias delas.

As paredes: os fóruns do site TouchArcade estão enlouquecidos tentando vencer Threes, e há até tentativas de desvendar seu algoritmo de seleção de cartas. Um membro do site conseguiu a carta 6144 usando as laterais (ou "paredes") do tabuleiro e rezando para que as cartas brancas de maior valor (+) que aparecem aleatoriamente estivessem a seu favor para combinar instantâneamente cartas de alto valor.

O centro: não gosta dos cantos, nem das paredes? Talvez você prefira uma estratégia conhecida como “center float” (centro flutuante), que vi mencionada algumas vezes no Twitter. A idéia é tentar manter a carta de maior valor no centro, mas para mim essa técnica não funcionou tão bem depois da carta 384. Mas outros jogadores podem ter melhor sorte.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail