Home > Notícias

ARM dá à Microsoft acesso total à arquitetura de seus processadores

Gigante dos softwares e fabricante de microprocessadores assinam acordo que amplia a antiga parceria entre as duas empresas.

PC Advisor/Reino Unido

23/07/2010 às 14h49

Foto:

A Microsoft e a ARM, fabricante britânica de microprocessadores, assinaram nesta sexta-feira (23/7) um acordo de licenciamento, no qual ficou estabelecido que a gigante dos softwares terá acesso total à arquitetura dos chips desenvolvidos pela empresa do Reino Unido.

Antes do pacto firmado, só a Qualcomm, fabricante norte-americana de chipsets para dispositivos móveis, e a Marvell, produtora de equipamentos de rede e armazenamento, tinham acordo parecido.

A parceria não é nova; existe desde 1997, quando as empresas começaram a trabalhar juntas na construção de dispositivos móveis com processadores ARM e sistema operacional Windows. É a primeira vez, no entanto, que a sociedade chega a este nível de colaboração.

Especula-se que a nova licença será útil à Microsoft no desenvolvimento de versões do Windows que funcionem perfeitamente com processadores ARM, que, atualmente, equipam principalmente smartphones.

“A ARM é uma importante parceira, pois usamos sua arquitetura em diversas produtos de empresa, com destaque para o Windows Phone e o Windows Embedded”, afirmou KD Hallman, gerente geral da Microsoft.

O CTO da ARM, Mike Muller, concordou com Hallman e ainda ressaltou a importância do acordo para a companhia fundada por Bill Gates.

“Com a licença de arquitetura, a Microsoft estará na vanguarda na otimização da tecnologia ARM para uma ampla gama de negócios, abarcando diversas áreas de aplicação”, concluiu.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail