Home > Notícias

ARM que diz que smartphones Android de US$ 20 estão a caminho

Aparelhos “básicos, porém capazes” poderão chegar a mercados emergentes ainda em 2014.

Ian Paul, Greenbot

07/05/2014 às 12h55

Foto:

Smartphones de entrada já são baratos, mas a fabricante de chips ARM acredita que os preços de um smartphone básico chegarão a apenas US$ 20 (sem subsídios) nos próximos meses. Por esse preço os aparelhos não serão particularmente sofisticados considerando os padrões atuais - daí o termo “de entrada” - mas ainda assim serão aparelhos Android usáveis, especialmente em comparação ao que existe hoje na mesma faixa de preço.

De acordo com um relato do site AnandTech, que acompanhou o ARM Tech Day em Austin, no Texas, a ARM diz que veremos estes aparelhos antes do fim de 2014, e que eles serão baseados em processadores Cortex A5 single-core e se conectarão a redes 2.5G.

Como sugerem as especificações modestas, estes aparelhos provavelmente não irão aparecer em mercados desenvolvidos como os EUA. Em vez disso, e assim como os primeiros aparelhos com o Firefox OS que foram lançados em 2013, estes smartphones de US$ 20 serão projetados principalmente para mercados emergentes, onde as pessoas não podem pagar pelos modelos topo de linha que fazem sucesso na Europa e América do Norte.

Mesmo assim, estes aparelhos podem ajudar a derrubar os preços dos modelos mais caros, mais provavelmente os intermediários. É improvável que os preços dos aparelhos topo de linha caiam tão cedo, já que as empresas investem muito tempo e dinheiro na criação de recursos avançados e no uso de componentes mais sofisticados, como processadores ultra rápidos e telas de altíssima resolução.

A Mozilla também está de olho no mercado de smartphones de baixíssimo custo rodando seu sistema operacional Firefox OS. Durante a edição 2014 do Mobile World Congress, em Fevereiro passado, a fundação anunciou uma parceria com a chinesa Spreadtrum para a produção de um smartphone de US$ 25 (preço final) baseado no chipset SC6821. O aparelho ainda não foi lançado, mas deve chegar ao mercado também neste ano.

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail