Home > Notícias

Arquivos hospedados no MegaUpload podem ser apagados nesta quinta

Mesmo com as contas bancárias congeladas, empresa tenta manter conteúdo e defende que usuários não podem ser prejudicados.

PC World/US

30/01/2012 às 15h18

Foto:

Cinquenta milhões de usuário do MegaUpload podem perder os arquivos guardados no serviço nesta quinta-feira (2/02), quando duas companhias de hospedagem devem apagar o conteúdo referente ao portal – tanto o legítimo quanto o ilegal. De acordo com os documentos do processo, esse é só mais um passo na condenação do site por desrespeitar direitos autorais.

Desde o encerramento do MegaUpload há cerca de dez dias, os internautas que o utilizavam não têm acesso a suas contas e nem podem baixar quaisquer arquivos. Kim Dotcom, fundador da empresa, está preso na Nova Zelândia, pois teria causado prejuízo de 500 milhões de dólares à indústria do entretenimento.

Na última sexta-feira (27/01), em correspondência enviada ao tribunal federal de Virginia, nos Estados Unidos, os promotores informaram que não precisam mais investigar os dados hospedados nos servidores da Carpathia Hosting e da Cogent Communications. Em vez de copiar todos os arquivos, as autoridades selecionaram o necessário e, agora, deixaram de ter influência sobre o destino do conteúdo.

“No nosso entendimento, as companhias de hospedagem podem começar a deletar o conteúdo já em 2 de fevereiro de 2012”, diz a carta.

Leia mais: Partidos piratas querem processar EUA pelo fim do MegaUpload

Aparentemente, a única forma de evitar que os dados sejam apagados é a partir de um acordo entre MegaUpload e as duas empresas, Carpathia Hosting e Cogent Communications. Isso, porém, é improvável, já que o governo americano congelou os fundos do serviço, tornando difícil uma solução financeira para impedir o fim dos arquivos

Ainda assim, os advogados do MegaUpload estão buscando alternativas. “Estamos otimistas, pois tanto nós quanto os Estados Unidos têm um desejo comum de proteger os consumidores”, afirmou Ira Rothken, membro do conselho da empresa, em entrevista à Associated Press.

As notícias não são animadoras e é possível que muitos internautas não recuperem seus arquivos. Um bom número deles já reportarem o desaparecimento dos mesmos, e só não os perderão caso os tenham guardado em algum outro lugar.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail