Home > Dicas

As melhores formas de compartilhar suas fotos

As férias se foram e o carnaval acabou. E agora, o que você vai fazer com todas as fotos que tirou?

Dave Johnson, PCWorld EUA e Rafael Rigues, PCWorld Brasil

23/02/2012 às 18h35

Foto:

Anos atrás, “compartilhar uma foto” significava dar a alguém uma cópia em papel de uma imagem. Hoje em dia a forma mais fácil de fazer isso é colocar suas fotos em um site na web. Há vários serviços especializados que prometem abrigar suas imagens e ajudá-lo a compartilhá-la com seus amigos e sua família. Alguns são gratuitos, outros não, e alguns oferecem recursos “premium” que valem alguns dólares a mais. Estas são algumas das melhores opções disponíveis, leia para saber qual é a melhor para você.

Flickr: o “YouTube das Fotos”

O Flickr é como um YouTube para fotos: um serviço bastante popular que abriga coleções de imagens de usuários de todo o mundo, com recursos de uma rede social: você pode participar de grupos com um tema em comum, favoritar as imagens de amigos, postar comentários e mais. 

flickr-360px.jpg
Flickr: álbuns e recursos de uma rede social

O meio mais comum de usar o Flickr é com uma conta gratuita, embora assim o serviço seja muito restritivo, especialmente se você é entusiasmado pela fotografia e pretende postar montes de fotos: contas gratuitas são limitadas ao upload de no máximo 300 MB de imagens por mês - dependendo da resolução de sua câmera, isso pode significa umas 100 imagens ou menos - embora apenas as 200 fotos mais recentes sejam visíveis a qualquer momento. Além disso, apenas versões em baixa resolução das imagens poderão ser baixadas do site.

Mas o Flickr nunca joga nada fora: se você pagar os R$ 45,90 por uma conta “Pro” todas as fotos que você já enviou se tornam imediatamente visíveis, bem como a opção de download das imagens no tamanho original. Você também ganha espaço ilimitado para guardar suas imagens e se livra do limite de upload, além de outros recursos interessantes (http://goo.gl/kHNLD)

Microsoft SkyDrive: compartilhamento seguro

Quem se preocupa com a privacidade ao deixar fotos visíveis a qualquer um na internet tem no SkyDrive, da Microsoft, uma alternativa. Ele não é um álbum virtual como os outros serviços. Pense nele mais como um “HD Virtual”: suas imagens ficarão armazenadas online e você poderá acessá-las a partir de qualquer computador, e dar acesso a elas apenas às pessoas em quem confia, enquanto as protege de outros olhos curiosos.

É uma boa forma de compartilhar imagens de alta-resolução, com qualidade suficiente para impressão, apenas com as pessoas que você conhece. Para usá-lo basta ter uma conta gratuita no Windows Live e você poderá armazenar até 25 GB de arquivos, sejam fotos, música, documentos e o que mais quiser. 

Picasa: no desktop ou na web

O Picasa, da Google, é uma alternativa popular ao Flickr para o compartilhamento de imagens: uma conta grátis (se você já tem uma conta no GMail ou GTalk pode usá-la) dá direito a 2 GB de espaço para suas imagens ou vídeos, e todos os recursos típicos de um serviço de compartilhamento: você pode criar álbuns com as imagens, fazer ajustes simples, definir quem pode vê-las, baixar os originais se necessário, postar comentários, seguir os amigos e mais. Se quiser você pode comprar mais espaço para suas imagens: 20 GB custam apenas US$ 5,00 por ano, mas se quiser você pode chegar a 1 TB por US$ 256,00 anuais.

picasa-360px.jpg
Picasa: software gratuito (acima) ajuda a organizar e editar as fotos

O destaque do Picasa fica para sua integração com o desktop, com um software gratuito de mesmo nome (para Windows, Linux ou Macs) que permite organizar as fotos no PC, editar as imagens e enviá-las para a web com muita facilidade, além de trazer ferramentas para criar montagens ou pedir cópias impressas de suas fotos em serviços online, que são entregues em casa. A interface às vezes é um pouco confusa, mas ainda assim ele é fácil de usar.

500px: uma galeria para suas melhores imagens

Recentemente fiquei fã do 500px, um site lindo tanto na apresentação das imagens quanto na qualidade dos trabalhos lá expostos. Há dois tipos de conta: uma gratuita que permite o upload de 20 imagens por semana e uma paga, que custa US$ 50 por ano e não tem limites de upload ou banda e oferece extras interessantes para os entusiastas e profissionais, como domínios personalizados e várias opções de design para as páginas com suas fotos.

SmugMug: recursos avançados para os entusiastas

O SmugMug é um site voltado a fotógrafos e outros profissionais da criação. Não há nada grátis aqui: uma conta básica custa US$ 35 anuais e dá direito ao upload ilimitado de imagens. Uma conta “Power”, por US$ 55 anuais, lhe dá um domínio personalizado, a capacidade de impedir que outros usuários baixem suas fotos e a possibilidade de upload ilimitado de vídeos em alta-definição. Também há o plano “Pro”, que custa US$ 145 anuais e inclui uma loja online para que você possa vender imagens e outros itens.

O SmugMug é a escolha certa se você quer ter controle total sobre as fotos que compartilha na rede. Você pode compartilhar fotos específicas em redes sociais como o Facebook ou enviá-las via e-mail, ou embutí-las em sites e blogs. Também é possível criar portfolios para vender suas imagens online. E um sistema de backup permite que você recupere suas imagens caso um desastre aconteça.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail