Home > Notícias

Até Copa 2010, Windows 7 será traduzido para dez línguas africanas

A seis meses do mundial de futebol, Microsoft promete localização do sistema para facilitar a criação de conteúdo local.

Redação do Computerworld/Quênia

27/11/2009 às 21h15

Foto:

A seis meses da primeira Copa do Mundo de futebol na África, a Microsoft anunciou nesta sexta-feira (27/11) que o Windows 7 será traduzido para dez línguas africanas.

O sistema estará disponível já no ano que vem para as linguagens Amharic e Kiswahili. E, a partir de 2011, estreará nas linguagens Sesotho sa Leboa, Setswana, isiXhosa, isiZulu, Afrikaans, Hausa, Igbo e Yoruba.

A tecnologia na África tem favorecido quem domina inglês ou francês, e quem não entende essas línguas é considerado analfabeto, não importa se são capazes de ler e escrever em suas línguas nativas. A disponibilidade do Windows nessas línguas poderá expandir a inclusão digital no continente.

"Ao permitir a geração de conteúdo e a edição em línguas locais, o sistema dará aos usuários uma ferramenta para que possam se expressar por meio de blogs, sites, notícias e e-mails", avalia o gerente do IDC na África Ocidental, Francis Hook.

Os pacotes com a interface traduzida levantam a discussão sobre pirataria, que é alta na África.

Nada garante que os usuários parem de comprar software pirata quando os programas com interface em língua nativa estiverem disponíveis para compra. Mas a iniciativa permite aos usuários de software autêntico ter acesso a atualizações e outros recursos especiais.

A criação de conteúdo e o aumento no número de usuários também deverá beneficiar outras ferramentas, como o Google Translate.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail