Home > Notícias

Atividades da Fundação Symbian serão encerradas em 17 de dezembro

Cronograma segue comunicado que afirmou que a Nokia passará a assumir todo o controle de desenvolvimento da plataforma móvel.

IDG News Service

29/11/2010 às 11h56

Foto:

A Fundação Symbian anunciou no último domingo (28/11) que o seu site oficial será encerrado no dia 17 de dezembro. De acordo com a instituição, quem quiser obter o código fonte da atual versão do sistema operacional (SO) móvel poderá fazê-lo até o último dia de operação de sua página.

O encerramento está diretamente ligado ao comunicado feito no dia 8 de novembro, citando que a Nokia estava assumindo todo o controle sobre o desenvolvimento da plataforma; dessa forma, a Fundação Symbian se torna apenas um orgão de licenciamento.

Parte deste processo de transição inclui o fim do site principal da Fundação, sites de desenvolvedores, o blog e o site Ideas, usado para sugestões de usuários interessados em melhorar o sistema.

Embora indisponível a partir do dia 17 de dezembro, a entidade encontrará outra maneira de distribuir o código fonte, os kits de desenvolvimento, wiki, banco de dados de bugs e demais materiais hospedados atualmente.  A opção mais provável é que a distribuição de todo este conteúdo seja feita através de uma cópia em DVD ou driver USB. Isso não deve acontecer antes do dia 31 de janeiro do próximo ano.  No entanto, como a plataforma ainda está disponível online, a fundação está incentivando os usuários a realizarem o download até 17 de dezembro.

Essas alterações atingem principalmente as empresas que ajudaram a desenvolver o SO, que precisam de acesso ao código-fonte ou usam o sistema operacional em seus aparelhos. 

Symbian OS

Muito se tem discutido acerca do futuro do sistema operacional da Nokia. E as especulações aumentaram depois que Samsung e Sony Ericsson decidiram deixar de usá-lo, preterindo-o em favor do Android. No entanto, a fabricante insistiu, em recente comunicado, que os últimos acontecimentos em nada alterarão seu planejamento.

A mudança de postura em relação ao Symbian já era esperada, afirma o instituto de pesquisa CSS Insight. Em julho, Ben Wood, diretor do instituto, já afirmara que a Nokia havia estudado mal o mercado ao tornar open-source a sua plataforma. Agora que há menos empresas que usam o Symbian, a companhia finlandesa terá de fazer grande parte do trabalho sozinha, enquanto os concorrentes continuarão a vigiá-la, avaliando os avanços que conseguir promover em seu produto.

A última grande cartada da Nokia, o N8, primeiro celular a contar com a terceira versão do Symbian, já está nas lojas. Ele deve ser o último aparelho top de linha com essa plataforma. No entanto, os críticos acreditam que por mais que algum progresso tenha sido feito, as desvantagens em relação ao iOS, da Apple, e o Android, da Google, ainda são grandes. Outra mudança é o modo como as atualizações serão promovidas: se antes elas eram grandes e esparsas, agora serão constantes e adicionarão poucos recursos de cada vez.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail