Home > Notícias

AVG atualiza software grátis de segurança que verifica URL curta

Nova extensão para o LinkScanner monitora em tempo real os endereços de atalho criados por serviços como tinyurl.com, migre.me e bit.ly.

IDG News Service

13/10/2009 às 10h01

Foto:

A empresa de softwares de segurança AVG Technologies lançou uma extensão para seu produto de proteção web LinkScanner, que permite verificar endereços web (URLs) reduzidos. Esses atalhos têm sido explorados para ataques, podendo levar o internauta a sites maliciosos.

O LinkScanner, lançado gratuitamente pela AVG em abril, monitora em tempo real as páginas da web enquanto o usuário navega. Se algum risco for detectado, o software faz o bloqueio automático.

Diversos serviços reduzem o tamanho de um endereço e são muito usados no microblog Twitter, que limita seus posts para no máximo 140 caracteres. Mas os pequenos endereços podem conter riscos de segurança porque não há como saber o que está por trás do atalho. As redes sociais já constataram a circulação de endereços ilícitos através deste recurso.

Em agosto, o Twitter começou a filtrar endereços suspeitos, utilizando a interface de programação de aplicativos (API, em inglês) Safe Browsing, do Google. A ferramenta permite que aplicativos verifiquem a lista do Google de sites conhecidos por riscos de segurança.

Se alguém postar um endereço malicioso, o Twitter avisa que há riscos de segurança e apaga o post. Mas esse sistema só funciona se a lista do Google estiver atualizada. O AVG afirma que a novidade do LinkScanner é mais segura porque monitora os endereço em tempo real.

O LinkScanner pode ser baixado de graça e já está disponível em português.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail