Home > Notícias

Banda larga via rede elétrica poderá ser aprovada até o fim de julho

Regulamento está em análise pelo conselho diretor da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).

Fabiana Monte, editora-assistente do COMPUTERWORLD

06/07/2009 às 12h00

Foto:

Ainda este mês, a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) deverá aprovar a resolução que permitirá a oferta de serviços de internet pela rede elétrica, por meio da tecnologia Power Line Communications (PLC).

De acordo com o documento, que está sob análise do conselho diretor da Aneel desde maio, as empresas distribuidoras de energia elétrica não poderão prover acesso à internet por meio de suas redes. Elas deverão alugar a infraestrutura para que outra companhia preste o serviço.

Caso a distribuidora tenha interesse em atuar no mercado com uma oferta do tipo, deverá criar uma subsidiária para explorar comercialmente o serviço. É o caso da AES Telecom, ligada à AES Eletropaulo, que está realizando testes com a tecnologia em São Paulo.

Em abril, a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) aprovou o regulamento do PLC. Com o aval da Aneel, abre-se caminho para que as primeiras ofertas do serviço sejam oferecidas ao mercado consumidor.

A decisão do conselho diretor da Aneel será tomada em reunião pública. Os diretores da agência se reúnem sempre às terças-feiras, na sede do órgão regulador, em Brasília (DF).

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail