Home > Dicas

Batalha de e-readers: os melhores dispositivos para amantes de livros digitais

Ao avaliar leitores eletrônicos, há alguns recursos que você deve levar em consideração; Separamos eles aqui

Séamus Bellamy | Techhive

13/12/2018 às 9h00

Foto: Shutterstock

Leve, de fácil leitura sob luz solar direta ou no escuro da madrugada adentro (para modelos equipados com retroiluminação), um e-reader é uma excelente escolha para folhear documentos, revistas em quadrinhos e, claro, livros. A maioria é capaz de armazenar milhares deles e mesmo aqueles aficionados por palavras, geralmente, conseguem ler por semanas a fio antes sem que a bateria do dispositivo precise ser recarregada.

Esses são ótimos recursos, mas, como existem outras variantes, a escolha de qual dispositivo comprar pode ser intimidadora. Mas a avaliação de diversos consumidores pode ajudar na decisão. Separamos aqui algumas reflexões e análises acerca dos dispositivos para você tomar a sua decisão.

O melhor e-reader para a maioria das pessoas: Amazon All-new Kindle Paperwhite (2018)

Com o novo All New Kindle Paperwhite (confira o review), a Amazon não apenas conseguiu alcançar a concorrência, mas também as superou. As características premium do novo leitor de e-books, preço razoável e ampla variedade de conteúdo fazem dele o melhor e-reader para a maioria das pessoas.

Ao comprar um Kindle Paperwhite, o consumidor não está apenas adquirindo uma peça de hardware - está investindo no maior ecossistema de conteúdo de texto baixável do mundo. Todo proprietário de Kindle pode acessar a enorme loja online da Amazon cheia de livros eletrônicos, revistas, jornais e periódicos. Isso é algo que nenhuma outra empresa de e-readers chega perto de competir. Leitores vorazes também podem optar por uma assinatura do Kindle Unlimited, que fornece acesso mensal ilimitado a mais de 1,4 milhão de títulos.

O vice-campeão

O Kobo Clara HD apareceu em um momento em que o Kindle Paperwhite da Amazon estava ficando um tanto antiquado. Embora o All-New Paperwhite tenha se destacado em recursos e design, o Clara HD ainda é um forte competidor, especialmente para quem quiser ficar livre das garras da Amazon. O conteúdo perdido ao abandonar a Amazon é o único grande desafio do Clara HD.

Melhor e-reader de luxo: Amazon Kindle Oasis 2017

Quando o preço não é um problema, o Kindle Oasis é o e-reader para comprar. Embora não tenha a grande tela do Aura One da Kobo, o Oasis oferece luxo com o seu design industrial brilhante.

Com conectividade 3G e Wi-Fi integrado, é possível fazer o download de livros e periódicos e o visor brilhante de alta resolução se destaca. O Oasis é o e-reader mais leve testado até agora, mas ainda pode ter energia suficiente para permitir ler por semanas a fio.

Vice-campeão de luxo: Kobo Aura One

O Kobo Aura One é um grande e-reader com um display de 7,8 polegadas, 300 ppi e o dobro de armazenamento que qualquer produto testado. Há luz de fundo, que o fabricante alega não emitir o tipo de luz azul que pode interromper os ciclos de sono, mas não há conectividade 3G, com qualquer um dos produtos da Kobo, mas o Kobo Aura One deixa feliz em outros aspectos.

Recursos para procurar em um e-reader

Ao avaliar leitores eletrônicos, há alguns recursos que você deve levar em consideração. Para tornar a pesquisa por um ótimo e-reader o mais simples possível, considere o seguinte:

Luz de fundo

O usuário pode usar um e-reader com uma luz de fundo ajustável em praticamente qualquer ambiente. A luz iluminará o texto, mas não incomodará os outros ao redor. É um recurso que agrega custo ao leitor eletrônico, mas é essencial para ter uma boa experiência do usuário.

Vida útil da bateria e carregamento

Parte do apelo de um dispositivo de leitura, especialmente quando comparado a um smartphone ou tablet, é a pouca capacidade de exibição de texto e imagens. É preciso encontrar um e-reader que dure algumas semanas de uso antes de precisar recarregá-lo. Quando chega a hora de completar a bateria, o usuário não deve ter que lidar com cabos proprietários, adaptadores CA ou estações de carregamento. É melhor procurar um dispositivo que recarregue ou sincronize com computador via micro USB.

Qualidade de construção

Possuir uma peça de tecnologia tão leve e fina que a pessoa mal se lembre de que ela está em sua mochila até que a tire para usar é uma vitória, mas somente se o perfil elegante e peso não vierem a custo de sua durabilidade. O e-reader deve ser capaz de resistir ao abuso casual que ele sofrerá ao ser derrubado em uma bolsa, mochila, no banco de trás de um carro, ou se for acidentalmente derrubado da mesa de cabeceira.

Conectividade

Uma conexão à internet oferece o meio mais conveniente de baixar novos materiais de leitura e conectar-se a recursos on-line, como dicionários. A maioria das pessoas acha que o Wi-Fi é bom o suficiente, mas uma conexão 3G é um luxo que o usuário apreciará toda vez que estiver no carro, no ônibus e em qualquer outro lugar sem Wi-Fi.

Conteúdo

O melhor e-reader é pouco mais que um peso de papel caro se não o conectar a uma grande variedade de material de leitura. Isso pode vir através de vários canais diferentes. A maioria das pessoas vai recarregar o dispositivo com novos materiais de leitura de uma loja on-line bem abastecida, como as oferecidas pela Kobo, Amazon e Apple iBook Store (somente para produtos Apple).

DRM

O acrônimo significa gerenciamento de direitos digitais, trata-se de uma tecnologia projetada para proteger a propriedade intelectual - como livros digitais - de ser copiada e compartilhada.

Armazenamento no dispositivo

Um e-reader normalmente não permite o download de arquivos que não sejam materiais de leitura - ou, em alguns casos, conteúdo de áudio - para que não seja preciso o armazenamento expansivo que deseja com um player de áudio digital, um tablet ou até mesmo um smartphone. Dito isso, será possível armazenar uma tonelada de livros, revistas e outras publicações quando não tiver acesso à Internet. Um e-reader com três ou quatro gigabytes de armazenamento interno é capaz de armazenar milhares de publicações novas.

Experiência do usuário

Vários fatores afetarão a experiência do usuário de um e-reader. A resolução é a mais importante - quanto maior, melhor, para eliminar bordas irregulares nas letras. Suporte a tamanho de fonte variável, para que possa otimizar o tamanho do texto para a visão. Uma luz de fundo ajustável, para ajustar para a sala em que está ou permitir que o dispositivo encontre automaticamente o perfeito equilíbrio entre o brilho ideal e a duração da bateria. Uma interface de usuário que facilita a navegação no livro, a conversão de páginas, a aquisição de novos livros, a anotação e a compartilhamento de passagens com amigos.

4 dicas essenciais na hora de comprar uma câmera de segurança Wi-Fi

 

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail