Home > Notícias

Biometria: Polícia dos EUA usa iPhone para identificar criminosos

A partir de setembro, cerca de mil agentes utilizarão o smartphone com um acessório que permite o reconhecimento facial de suspeitos

Redação Macworld Brasil

13/07/2011 às 11h10

Foto:

Cerca de mil
agentes de 40 unidades da Polícia dos Estados Unidos começarão até setembro a
utilizar o iPhone para reconhecer criminosos, segundo informação divulgada pelo
Wall Street Journal. O smartphone da Apple será utilizado em conjunto com um
acessório da empresa BI2 Technologies que permite fazer o reconhecimento facial
de suspeitos.

Com o uso do
equipamento, é possível fotografar uma pessoa a uma distância de até 1,5 metro
e realizar uma checagem imediata no banco de dados da polícia. O sistema também
permite utilizar a íris do suspeito como fator de identificação, além poder ser
utilizado para checagem de impressão digital.

Segundo o WSJ, apesar dos
benefícios que a tecnologia pode gerar, o novo recurso já desperta questões
relacionadas à violação da privacidade, pois os policiais devem ter indícios
consistentes para obrigar alguém a ser fotografado ou ter suas impressões coletadas. Caso contrário, esse processo
pode ser considerada ilegal e os agentes podem ser punidos. O sistema já estava sendo testado desde o ano passado em Brockton, Massachusetts.

Saiba mais sobre o sistema no vídeo divulgado pela BI2 Technologies:

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail