Home > Notícias

Blog “milionário” de Maria Bethânia causa polêmica antes de entrar no ar

Usuários questionam valor de R$ 1,3 milhão que MinC reservaria ao projeto. Cantora chega aos trending topics e ganha blog que parodia sua proposta.

Ricardo Zeef Berezin, do IDG Now!

16/03/2011 às 15h07

Foto:

Maria Bethânia criará um blog dedicado à poesia. E, antes mesmo de o site ir ao ar, já está causando polêmica. O alto montante requerido para o projeto – e o fato de a artista, por ser nacionalmente conhecida, não precisar de incentivo público – chamou a atenção de milhares de usuários. A hashtag #MariaBethania, por exemplo, chegou aos trending topics mundiais.

“Sugeriria fazermos uma campanha tipo: devolva essa p**** Bethania”, afirmou o músico Lobão, via sua conta no Twitter. “Daí essa MPB formada por cadáveres insepultos querendo permanecer no presente contínuo através da chapa branca”, complementou.

Também como forma de protesto, o Blog da Bethânia foi criado. Com o subtítulo “1 milhão de motivos para você acessar” e o suposto patrocínio do MinC e apoio de Ana Buarque – ministra da pasta – o portal tem como template notas de 10, 20 e 100 reais. Além disso, conta com uma única atualização: um vídeo em que o humorista Renato Aragão (Didi) faz uma paródia da cantora.

O projeto
Todos os dias o site receberia um novo vídeo, em que Bethânia apareceria interpretando grandes obras literárias. Para tocar o projeto, ela teria obtido autorização do Ministério da Cultura (MinC) para captar 1,3 milhão de reais, de acordo com reportagem do jornal Folha de São Paulo.

A assessoria de imprensa da artista, no entanto, negou a informação. Em entrevista ao R7, afirmou que o “pedido ainda não foi aprovado” e que o blog “ainda precisa de um patrocínio para ser levado em frente”.

A ideia é que o portal – de nome “O Mundo Ainda Precisa de Poesia” - receba incentivo fiscal a partir da Lei Rouanet. Dessa forma, a empresa que financiá-lo terá parte do valor investido descontada dos impostos devidos ao Governo Federal.

Histórico
Em 2008, Maria Bethânia pediu 1,8 milhão reais de renúncia fiscal, pela Lei Rouanet, para sua turnê junto a Omara Portuondo, cantora cubana. A princípio teve seu pedido negado pela Comissão Nacional de Incentivo à Cultura (CNIC), que analisa os requerimentos.

"O projeto prevê uma receita de bilheteria equivalente ao valor pleiteado, o que tornaria desnecessária a utilização de incentivo fiscal na realização do evento", afirmou na ocasião.

No entanto, os responsáveis pela turnê recorreram à decisão. Foram atendidos. O próprio ministro Juca Ferreira, que, à época, substituía o titular da pasta, Gilberto Gil – depois, seria efetivado no cargo – assinou o documento de aprovação. Em vez de 1,8 milhão de reais de incentivo fiscal, porém, a turnê de Maria Bethânia teve direito a 1,5 milhão.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail