Home > Notícias

Blogs: 9 ferramentas e serviços essenciais para criar e sofisticar o seu

São Paulo - De ferramentas de publicação a serviços de medição de acesso, junto a licenças de conteúdo e sistemas de busca, confira sites essenciais.

Guilherme Felitti, repórter do IDG Now!

19/02/2008 às 19h24

Foto:

ferramenta_blogueiro_88Não há mais espaços para estereótipos: a grande mídia vai ter de se adaptar a milhões de vozes que publicam conteúdo online, enquanto os blogueiros devem saber que não vão enterrar a mídia já estabelecida.

Nesta conjuração entre o novo e o tradicional, nada como entender as principais ferramentas e serviços disponíveis online para correr atrás de notícias, comentar assuntos aleatórios ou registrar o que acontece no seu cotidiano.

Tal qual os 13 serviços brasileiros indispensáveis para o usuário, o IDG Now! juntou nove nomes, entre ferramentas de blogs, ferramentas de medição e até mesmo métodos de licenciamento, que não devem ser ignorados na hora de montar seu próprio blog.

A lista é um bom apanhado para que usuários iniciantes tenham um direcionamento mínimo para escolherem a melhor plataforma de publicação, junto a serviços complementares para melhor gerenciamento e acréscimo de funções básicas no blog.

O resto é contigo. Confira a lista.

WordPress
É difícil apontar hoje uma ferramenta de blogs melhor que o Wordpress, criado pela pequena Automattic e responsável por roubar usuários e atenção do Blogger, do gigante Google.

Some uma plataforma em código aberto altamente customizável com uma biblioteca de temas e plug-ins gigantesca criada e organizada pela comunidade e um competidor há muito completamente estagnado e você tem uma migração em massa para o WordPress.
++++
A facilidade de gerenciamento de textos, a riqueza de edição de posts, a facilidade com que plug-ins são instalados e o número de ferramentas ignoradas pelo Blogger (a nuvem de tags é a principal delas) fazem do WordPress o serviço realmente indispensável para quem pensa em começar um blog ou facilitar o gerenciamento do seu.

Ao adotar o WordPress, abra os olhos para dois plug-ins essenciais: o Akismet, já integrado ao serviço, que filtra comentários spams, e o WP-Cache, que ajuda a manter seu blog no ar no caso de avalanches de acesso.

Blogger
O Blogger montou sua dominação entre blogs num mercado praticamente abandonado por outras opções - de 1999 a 2003, a ferramenta de blogs da Pyra Labs, comprada pelo Google em 2003, reinou soberana.

Quando surgiu, é inegável que o Blogger fosse a ferramenta mais ampla e customizável em um mercado onde blogs ainda se restringiam a entusiastas que começavam a quebrar a visão do blog como diário virtual.

A compra do Google deu ao Blogger uma ótima interação com a plataforma de publicidade AdSense, assim como com vídeos do YouTube e Google Video - por mais que as obras do primeiro tenham também ótima interação com plataformas externas, como WordPress e LiveJournal.

A pressão do WordPress fez com que o Google voltasse a investir pesado na sua plataforma de blogs, o que vem diminuindo a superioridade técnica do concorrente.
++++
Technorati
O que os milhões de blogueiros estão dizendo neste exato instante? O Technorati rastreia posts, vídeos e imagens publicadas na blogosfera para tentar indicar as direções de um sistema altamente dinâmico e nem um pouco previsível.

Ao indexar os posts e agregá-los conforme assuntos, o Technorati se transforma em uma espécie de janela da blogosfera, onde se descobre os assuntos em voga nos blogs.

O Technorati é também essencial para que você meça a popularidade pela melhor métrica online: o número de links que apontam para seu blog. Pelos critérios do Technorati, cada blog ganha uma Autoridade correspondente ao número de links provenientes de blogs diferentes nos últimos seis meses.

Google Analytics
Não só de links se faz uma medição de audiência de blogs. Entre as ferramentas que indicam como e quantas pessoas chegaram ao seu blog e quanto tempo elas navegaram visitantes, o Google Analytics dá um banho em qualquer concorrente.

Além de não sujar seu blog com propagandas indesejadas (cuidado com estes, como o WebStatus, por exemplo), o serviço, facilmente instalado em blogs hospedados em servidores próprios, demonstra visitantes, páginas vistas, localização, palavras chaves usadas em buscadores e referências, além de cruzar diferentes métricas e oferecer relatórios que podem ser baixados em planilhas.

BlogBlogs
Em poucas palavras, o BlogBlogs se baseia na funcionalidade do Technorati para mapear a blogosfera brasileira e indicar tantos os endereços mais populares como os assuntos em discussão no momento.
++++
Mais que simplesmente indexar, porém, o BlogBlogs começa a tomar o caminho agregar muitos tipos de conteúdo a respeito de um mesmo tempo, mimetizando o que o TechMeme faz com a blogosfera norte-americana.

Ótimo exemplo da funcionalidade acompanhou jornalistas e blogueiros durante a Campus Party Brasil 2008, quando o LiveStream se tornou a principal fonte de informação do evento de internet realizado no prédio da Bienal.

FeedBurner
O que blogueiros experientes já sabem, mas é necessário que os iniciantes entendam é que restringir o próprio feed RSS em nome de alguns cliques no blog não passa de uma grande bobagem.

Com o feed liberado, é preciso confiar num serviço que dê mais que simplesmente o número de assinantes. É aí que entra o FeedBurner, ainda melhor depois que o Google o comprou em junho, liberando seus serviços Pro para todos os usuários.

Além de acompanhar a popularidade do seu feed pelo número de visitantes e plataforma usada pelos leitores, o FeedBurner indica os posts mais lidos, cria sistemas de entrega de posts por e-mail e integra campanhas de publicidade na reproduções de textos em RSS.

Sphere
Assim como você vai tecer suas considerações, acrescentar novidades ou apenas replicar notícias, saiba que são milhões de pessoas, blogueiros ou jornalistas profissionais, escrevendo e dando opiniões sobre o mesmo assunto.

O Sphere aposta nesta integração entre milhares de outros blogs com um ícone colocado no final de cada post que, clicado, traz uma relação de posts, notícias e reportagens sobre o mesmo assunto.
++++
Ao invés de se perder pela overdose de conteúdo indexado pelo Technorati, o leitor consegue ter acesso a conteúdos similares, determinados pelo algoritmo do serviço, sem abrir uma nova aba do navegador.

Google Translate
Nem todos os leitores que chegarão ao seu blog falam português - algumas das buscas por nomes próprios em serviços como Google e Yahoo podem trazer usuários de outros países para seu blog.

Por que não oferecer uma ferramenta na coluna lateral que faça a tradução automática pelo Google Translate, melhor serviço do tipo na internet atualmente?

Integrado ao blog por um simples código, o gadget do Google Translate, formatado para português, faz a tradução apenas para o inglês. A partir do inglês, o serviço faz a tradução para até 13 línguas.

Creative Commons
Produzir conteúdo online, seja você um conglomerado de mídia ou um blogueiro iniciante, implica em possíveis citações e uso de conteúdo que passam por supostas regras de proteção aos direitos autorais.

Já ouviu falar do Creative Commons, não? Por mais que não seja um serviço, o entendimento do sistema de licenças é essencial para proteger os aspectos que você acha mais importantes no conteúdo que produz.

A terceira versão das licenças do Creative Commons traz seis variações, escolhidas pelo usuário conforme seu gosto, que vão desde a simples atribuição de trabalho à restrição de material derivado ao bloqueio da comercialização de conteúdos.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail