Home > Notícias

Bluestacks promete rodar aplicativos Android no Windows 8

Software gratuito coloca seus apps para smartphone favoritos em tablets e desktops como o novo sistema da Microsoft. Mas compatibilidade deixa a desejar.

Jared Newman, PCWorld EUA

15/02/2013 às 17h10

Foto:

Você está frustrado com a atual falta de bons aplicativos para o Windows 8? A Bluestacks quer lhe ajudar, com um emulador que permite rodar aplicativos Android em um PC com Windows (XP, Vista, 7 ou 8) e Macs. A versão mais recente do software, disponível em GetYourAppsBack.com, traz melhor suporte a tablets com o Windows 8, com a capacidade de rodar em tela cheia e controles que surgem quando você desliza os dedos da borda direita para o centro da tela.

Na teoria o Bluestacks é uma boa medida temporária para preencher o vazio deixado pela ausência de versão para o Windows 8 de aplicativos importantes como o Pandora, Flipboard e Instagram. Mas na prática o Bluestacks não funciona tão bem quanto deveria, e em alguns casos sequer funcionou.

Testando o Bluestacks

Instalei o programa em quatro máquinas, incluindo dois tablets com Windows 8 baseados no processador Intel Atom, um PC da minha sala de estar, também com processador Atom e meu desktop com Windows 7, equipado com um processador Intel Core i5.

Nos dois tablets Atom o BLuestacks não funcionou corretamente. Sempre que eu abria o software via uma breve tela de “loading”, seguida de uma tela preta. Eu até conseguia usar os botões de navegação para alternar entre tela cheia e janela, por exemplo, mas não consegui rodar nenhum app.

bluestacks_bug-360px.jpg
Em um de nossos PCs, um bug fez com que apps não coubessem na tela

O PC da sala de estar se saiu melhor. Consegui abrir a loja de aplicativos da Bluestacks, instalar aplicativos e executá-los. Mas por algum motivo a imagem não era exibida corretamente, como se a tela fosse pequena demais para o aplicativo, não importa em qual resolução eu estivesse rodando o Windows.

Isto tornou impossível usar a função de busca na loja da Bluestacks e tornou apps como o Pulse ruins de usar. Esperava usar o Bluestacks com alguns aplicativos de áudio e vídeo que não tem versão para o Windows 8, mas por enquanto isso está fora de questão.

Melhor no desktop

Em meu desktop o Bluestacks se saiu muito melhor. Consegui instalar aplicativos de várias lojas (é possível escolher entre o Google Play, Amazon Appstore, GetJar e 1Mobile Market) e não tive grandes problemas ao rodá-los.

Mas ainda assim o Bluestacks tem falhas inerentes mesmo quando está funcionando corretamente. Ao navegar pela loja de aplicativos da Bluestacks, não é possível ver uma descrição dos aplicativos. Eles simplesmente são instalados imediatamente, assim que você clica neles. Uma forma de contornar o problema é ir a uma outra loja, como a Google Play, e instalar os aplicativos a partir de lá.

bluestacks_loja-360px.jpg
Loja do Bluestacks é uma das opções para baixar apps

Além disso, muitos aplicativos para Android não são otimizados para telas grandes, o que não é uma falha do Bluestacks, e mesmo alguns dos que são otimizados não são mostrados no modo tablet.

O GMail e o Google Drive, por exemplo, rodam com a interface para smartphones “esticada” para ocupar a tela, mesmo que existam versões otimizadas para tablets. Isso pode estar acontecendo porque o Bluestacks é baseado no Android 2.3, uma versão ultrapassada, e não otimizada para tablets, do software da Google.

Gosto da idéia do Bluestacks, e agora que aparelhos como Windows 8 e telas sensíveis ao toque, como o Surface Pro, estão no mercado, o software finalmente tem uma plataforma digna para rodar. A execução, entretanto, ainda precisa melhorar. O Bluestacks ainda está em beta e, felizmente, por enquanto é gratuito, então você pode experimentá-lo sem medo. Mas não espere uma cura universal para a deficiência de apps no Windows 8.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail