Home > Notícias

Boatos dão conta de cobrança do Twitter por contas premium

Serviço de blogs curtos que cresceu 1.384% em apenas um ano começa a ser alvo de notícias falsas. Pelo menos por enquanto.

Redação da The Industry Standard/EUA

20/03/2009 às 18h10

Foto:

Muita gente ficou preocupada depois que surgiram as primeiras notícias (falsas, até o momento) de que o Twitter iria cobrar uma mensalidade de seus assinantes. E, pelo visto, tem muita gente interessada em saber como o microblog - cujo número de usuários saltou 1384% em apenas 12 meses - vai sobreviver financeiramente.

Uma outra notícia falsa, publicada nesta semana pelo site BBSpot, afirmava que o Twitter ia começar a cobrar por serviços “premium" e recebeu milhares de visitas de internautas ingênuos. A falsa reportagem tinha até uma declaração inventada do fundador de Evan Williams, co-fundador do Twitter, que dizia que “celebridades e grandes empresas começaram a migrar para o Twitter... e expressaram estar dispostas a pagar por contas”. “Agora nós estamos dando a elas essa oportunidade”, teria dito Williams.

Era só ler um pouco mais, porém, para saber que a notícia era uma pegadinha: o Twitter teria criado quatro planos diferentes (cada um com um nome de pássaro: “pardal”, “pombo”, “coruja” e “águia”). O plano mais caro custaria 250 dólares por mês e daria direito de postar mensagens com até 500 caracteres, além de ter três seguidores “celebridades” e um serviço de “concierge”, que postaria mensagens mesmo quando o usuário estivesse dormindo (!!!).

Ainda assim, vários usuários caíram na pegadinha e repassaram a mensagem em seus twitters. Já Brian Briggs, autor da notícia falsa, aproveitou para rir da piada que ele mesmo fez.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail