Home > Notícias

Brasil aparece como 3º maior remetente de spam do mundo em 2010

De acordo com a companhia de segurança Sophos, país registrou queda de 1,3% em relação ao primeiro trimestre; EUA continua no topo

Redação do IDG Now!

14/07/2010 às 11h19

Foto:

O Brasil foi o terceiro maior emissor de spam do mundo durante o segundo trimestre de 2010, com 5,5% de todo o spam enviado globalmente, de acordo com um relatório  divulgado nesta quarta-feira (14/7) pela companhia de segurança Sophos.

O país continua em terceiro lugar desde o começo do ano, mas obteve queda de 1,3% do primeiro trimestre para o segundo.

Os Estados Unidos se mantém em primeiro lugar entre os 12 países que mais produzem spams - apelidados de "Dirty Dozen" pela Sophos - contribuindo com 15%,2 das mensagens indesejadas transmitidas no mundo todo, aumento de 2,1% em relação ao primeiro trimestre.

Já o segundo lugar é tomado pela Índia, que emite 7,7% do spam global. O país registrou uma queda de 0,5% em relação ao primeiro trimestre.

A Sophos destaca que o spam está se tornando cada vez mais malicioso: não se trata apenas de propagandas não desejadas, mas também a propagação de links que levam a sites ilícitos e malwares.

A pesquisa também mostra que 97% das mensagens de e-mail trocadas em empresas são spams.

 

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail