Home > Notícias

Brasil registra queda de 36% em habilitações de celular no 1º semestre

Brasil habilitou 8,9 milhões de linhas móveis de janeiro a junho, mês em que atingiu o total de 159,6 milhões de habilitações, informa Anatel.

Redação do IDG Now!

20/07/2009 às 17h17

Foto:

De janeiro a junho, Brasil registrou 8,9 milhões de novas habilitações de telefonia celular, o que representa uma queda de 36% em relação ao total de 12,1 milhões de linhas habilitadas nos primeiros seis meses de 2008, informa a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) na segunda-feira (20/7).

Até junho deste ano, o Brasil somava 159,6 milhões de linhas habilitadas no Serviço Móvel Pessoal (SMP), com 2.111.694 novas habilitações no mês passado - um crescimento de 1,34% no número assinantes em relação a maio.

Do total de acessos do País, 130,6 milhões (81,82%) são pré-pagos e 29,1 milhões (18,18%) são pós-pagos, informa o relatório mensal da agência. No ano passado foram habilitadas mais de 29,6 milhões de linhas móveis - alta de 41% em relação a 2007.

O número de celulares habilitados para cada 100 habitantes em junho registrou um índice de 83,47, um crescimento de 1,25% em relação a maio e de 20,07% em relação a junho de 2008, quando a teledensidade de celulares era de 69,52.

Em junho, a operadora Vivo, manteve a liderança e a mesma participação de 29,3% do mercado (mais de 46,8 milhões de linhas habilitadas) registrada em maio. Em segundo lugar, a Claro registrou 25,4% de participação (40,5 milhões de linhas), apresentando uma ligeira queda em relação aos 25,5% registrados em maio, enquanto a TIM ganhou uma pequena participação de 0,2 ponto porcentual em junho, com uma alta de 23,5% para 23,7% do mercado (37,8 milhões de linhas).

A Oi também mostrou um crescimento leve de 0,1 ponto porcentual de maio a junho, registrando 21,2% de participação (33,8 milhões de acesso) no mês passado. Em quinto lugar no ranking de operadoras está a CTBC Celular, com 0,3% de participação (483,4 mil linhas), seguida pela Sercomtel, em sexto, com 0,06% do mercado (92,7 mil linhas) e pela Unicel, na sétima posição, com 0,01% do setor (19,4 mil linhas).

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail