Home > Notícias

Brasil terá 141 milhões de celulares em 2008, prevê Teleco

Consultoria de telecomunicações prevê que o número de novos portáteis no país permaneça na mesma média de 2007, em torno de 21 milhões

Por Redação do IDG Now!

24/01/2008 às 11h00

Foto:

Até o final de 2008, o Brasil deve registrar 141 milhões de celulares ativos e um crescimento de 16,5% sobre 2007, mantendo-se como o quinto maior mercado de telefones móveis do mundo, prevê a consultoria Teleco.

Leia mais:

O número de novos celulares vendidos este ano, segundo o Teleco, deve se manter muito próximo ao de 2007. Dados preliminares da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) registram a entrada de 21,1 milhões de aparelhos no ano passado, colaborando para a base de mais de 120,9 milhões de celulares em operação - crescimento de 21,1% sobre 2006.

A proporção de celulares pré-pagos deve sofrer poucas alterações em 2008. O Teleco prevê que 81% dos planos de telefonia móvel dos brasileiros sejam pré-pagos - em 2007 foram 80,7%. Já a densidade de celulares por habitantes deve crescer de 63,59 (para cada 100 habitantes) para 73,1% em 2008, estima a consultoria.

Na avaliação na consultoria, em 2008, além da entrada das redes de terceira geração (3G) o mercado de telefonia móvel ganha fôlego com a entrada da operadora Oi, em São Paulo, e da Vivo, no Nordeste.

O terceiro fator apontado pelo Teleco será a agressividade mercadológica da operadora Claro, que apresentou o maior crescimento no setor em 2007 e continuará brigando com a Tim pelo segundo lugar no ranking nacional.

Caso se concretize a fusão entre Oi e Brasil Telecom, as operadoras Vivo, Tim e Claro - ganham mais um concorrente com abrangência nacional.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail