Home > Notícias

Bug no iPad: tablet causa panes em redes de universidades

Portátil apresenta um comportamento relacionado aos endereços IP que compromete o desempenho de outras máquinas; administradores podem bloquear acesso do aparelho

Network World/EUA

19/04/2010 às 8h03

Foto:

O tablet da Apple tem provocado preocupação em alguns administradores de rede quanto aos recursos de conectividade. Primeiro foi o governo de Israel, que proibiu a entrada de iPads no país e confiscou equipamentos (dá para acreditar?). Agora algumas universidades americanas também manifestam receio quanto  à presença do dispositivo em suas redes.

Com as vendas em alta nos Estados Unidos, as universidades preparam-se para a entrada do equipamento em seu ambiente de TI e temem um impacto significativo na performance de suas redes, o que já pode ser observado em algumas delas.

Embora ainda não haja sinais de medidas radicais como as tomadas em Israel, a Universidade de Princeton divulgou uma alerta dizendo que o monitoramento de sua rede mostrou que “vários iPads estão causando problemas na rede do campus”.

Segundo os técnicos da universidade, esse tipo de equipamento tem causado panes relacionadas ao endereço IP (número que indica a localização de um equipamento em uma rede para acesso à Internet), levando mais tempo do que deveria para a atualização.  Esse comportamento tem prejudicado outros equipamentos e comprometido a rede. 

 

ipad390b
iPad: problemas na atualização do endereço IP


De acordo com a universidade, esse sintoma foi encontrado em pelo menos metade dos tablets da Apple conectados à rede do campus. “Acreditamos que este é um bug relacionado ao sistema operacional do iPad”, afirmou a instituição educacional. Os administradores de rede de Princeton comunicaram a falha à Apple e estão trabalhando em conjunto com a empresa para resolver a questão.

Até que o problema seja corrigido, os especialistas da universidade recomendam que os tablets não sejam conectados à rede da instituição. Caso contrário, esses equipamentos serão bloqueados, evitando o comprometimento da rede.

Segundo o Wall Street Journal, a universidade de Cornell também identificou problemas de conectividade causados por iPads. Já universidade George Washington citou incompatibilidades entre o tablet e o seu sistema de segurança.

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail