Home > Notícias

Bug no Windows Server abre espaço para ataques de worms em redes

Falha crítica corrigida pela Microsoft em atualização emergencial permitia acesso total de crackers ao PC da vítima.

IDG News Service/ EUA

23/10/2008 às 17h54

Foto:

A Microsoft corrigiu, nesta quinta-feira (23/10), um bug crítico em algumas versões do Windows, por meio de uma atualização emergencial. Segundo a empresa, a falha permitiria espalhar um ‘ataque de worms’.

“Esta vulnerabilidade poderia ser usada para a injeção de worms e, com sucesso, o cracker poderia instalar programas e visualizar ou mudar dados. Além disso, seria possível criar novas contas com privilégios totais de usuário”, alertou a Microsoft.

A falha está no serviço Windows Server, usado para conexões em rede. Dessa forma, seria possível enviar mensagens maliciosas às máquinas e controlar o computador da vítima.

Embora firewalls evitem que este tipo de ataque se espalhe pela web, seria possível danificar redes locais da mesma forma que o worm Zotob fez em 2005 com o Windows 2000, afetando a CNN, a rede de TV ABC e o jornal The New York Times.

Apesar de o código de ataque para esta falha ter sido usado em movimentos muito específicos, a ameaça poderia se espalhar, segundo o diretor do The DigiTrust Group, Marc Maifffret.

“Tudo dependeria do quanto alguém iria querer gerar caos e ficar famoso por isso. Mas a realidade é que os crackers não gostam de worms, pois eles fazem com que mais pessoas instalem correções”, explica.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail