Home > Notícias

Call center na Índia pode ter vazado dados de clientes britânicos

Bangalore - Após denúncia da BBC, Symantec interrompe serviço da e4e India para investigar vazamento de dados.

IDG News Service / Bangalore

23/03/2009 às 10h10

Foto:

Dados de cartões de crédito de três clientes da Symantec podem ter vazado de um dos call centers contratados na Índia, alertou a empresa de segurança da informação nesta segunda-feira (23/03). A empresa de call center e4e India, entretanto, nega qualquer desvio de dados de suas operações.

A Symantec informa ter identificado um dos funcionários da e4e India como possível suspeito e entregou informações, que incluem gravações de chamadas telefônicas, para investigação policial, disse um porta-voz da Symantec na Índia.

Na última semana, repórteres da BBC se fizeram passar por fraudadores e noticiaram a compra de nomes, endereços e dados de cartões de crédito de consumidores britânicos. O fornecedor era um homem identificado como Saurabh Sachar, em Nova Delhi, disse a BBC.

A Symantec interrompeu o serviço de vendas online e outros chamados para a e4e India, enquanto o caso está sob investigação, disse o porta-voz da empresa.

A e4e India alega que não há evidências que ligam suas operações ao vazamento de dados de clientes da Symantec. A companhia é um dos muitos call centers terceirizados que trabalham para a Symantec na Índia, disse Narasingarao Dataram, presidente da e4e India, à BBC.

Ao saber da reportagem da BBC, a e4e fez uma checagem interna e também alertou o departamento de polícia de crimes digitais como precaução, mas não por acreditar que os dados tenham saído de suas operações, explicou Dataram.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail