Home > Notícias

Câmeras automotivas e YouTube mostram “meteoro russo” para todo o mundo

Impacto aconteceu na manhã desta sexta-feira, e graças à tecnologia foi amplamente documentado.

Jay Alabaster e Ian Paul, PCWorld EUA

15/02/2013 às 12h34

Foto:

Fãs da astronomia estão aguardando a passagem do asteróide 2012 DA14 pela vizinhança de nosso planeta nesta sexta-feira. Mas residentes da região central da Rússia viram uma cena mais dramática nesta manhã, quando um meteorito colidiu com o solo próximo à cidade de Chelyabinsk.

O evento foi amplamente registrado por smartphones e câmeras montadas no console de carros. Moradores locais que estavam indo para o trabalho foram surpreendidos por uma luz brilhante riscando o céu, seguida por uma grande explosão que destruiu janelas e espalhou destroços, resultando em quase 500 pessoas feridas. 

Ainda não está claro se o meteorito atingiu o solo em um único pedaço, em múltiplas partes ou se explodiu na atmosfera e apenas parte do material chegou ao solo. A Academia Russa de Ciências estima que o objeto tinha um peso de 10 toneladas antes de entrar na atmosfera, de acordo com um tweet da agência Russia Today.

O meteorito pôde ser visto a até 200 Km do local do impacto, de acordo com a Reuters. Muitos motoristas na Rússia tem câmeras acopladas ao console de seus veículos (chamadas “Dashcams”, de “Dashboard Camera”), usadas para capturar provas em caso de acidentes de trânsito, segundo o The Verge. Mas isso também permite que eles capturem eventos incomuns no dia-a-dia, que acabaram gerando vários “sucessos” no YouTube, como acidentes espetaculares ou situações inusitadas. Enquanto relatos desencontrados sobre o que seria uma chuva de meteoros sobre a Rússia começavam a circular na imprensa internacional, algumas das melhores cenas do que aconteceu foram capturadas por estas câmeras.

Mais de 500 pessoas foram feridas no incidente, muitas por causa de vidro quebrado pela onda de choque causada durante a queda e impacto, de acordo com a imprensa. Fotos e vídeos da região mostram prédios com janelas estilhaçadas e pelo menos uma fábrica com grandes danos a partes de suas paredes e teto.

O Ministério da Defesa Russo publicou uma curta declaração dizendo que o evento ocorreu às 07:20 da manhã, horário de Moscou, nas regiões de Sverdlovsk, Chelyabinsk e Tyumen. Forças-tarefa militares foram enviadas às áreas afetadas.

À medida em que a mídia tradicional relatava a história, citando oficiais e locais que presenciaram o evento, ela rapidamente se tornou um “trending topic” no Twitter, com muitos usuários usando a tag #RussianMeteor.

O impacto aconteceu menos de 24 horas antes da passagem prevista do asteróide 2012 DA14, com cerca de 50 metros de comprimento, pela vizinhança de nosso planeta, o que será um recorde de aproximação (cerca de 27 mil quilômetros) por um objeto deste tamanho, de acordo com a NASA.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail