Home > Notícias

Câmeras digitais custam mais no Brasil que no resto da América Latina

GfK revela que preço do equipamento caiu quase 20% em um ano, mas no País ainda se paga mais caro que nos vizinhos.

Redação do IDG Now!

06/08/2008 às 12h33

Foto:

O preço médio das câmeras digitais no Brasil caiu quase 20% entre junho de 2007 e 2008, segundo um estudo da GfK Marketing Services, divulgado durante a 16ª PhotoImageBrasil. No entanto, o País tem a maior média de preços da América Latina.

A análise levou em conta os três modelos mais vendidos no ano passado e determinou como parâmetro o valor dos produtos em dólar. Nas três comparações, os brasileiros foram os que pagaram mais caro. O Brasil liderou o levantamento com gasto médio de 346 dólares, seguido pela Argentina, com 189 dólares, e pelo Chile, com 87 dólares.

Os equipamentos com preço entre 500 a 599 reais lideraram as vendas no mercado brasileiro durante o primeiro semestre, com 27,1% do total. O custo médio das câmeras mais vendidas no ano passado (23%) era de 700 a 799 reais.

Os modelos de 8 a 8,9 megapixel foram os que sofreram a maior queda em preço: 52% entre junho deste ano e do ano passado. As câmeras de mais de 10 megapixel tiveram redução de 40% em preço, seguidas pelas de 7 a 7,9 megapixels - líderes em venda no Brasil -, que tiveram queda de 35% no valor.

Segundo pesquisa, as câmeras de 7 a 7,9 megapixel representaram 36,8% das unidades vendidas, enquanto os modelos de 5 a 5,9 megapixel ficaram com 22,6% das vendas e os de 8 a 8,9 megapixel responderam por 16,2%.

Vendas em alta
No primeiro semestre deste ano, foram registradas vendas de 1,3 milhão de câmeras no País, um aumento de 30% em relação ao mesmo período do ano passado, segundo os dados da GfK.
++++
O crescimento é compatível com o dos anos de 2006 e 2007, quando o setor registrou alta média de 33%, segundo o estudo.

O dólar desvalorizado e a expansão da oferta de crédito sustentaram o crescimento, segundo Bernardo Tinoco, gerente de negócios do GfK Marketing Services. Ele prevê uma alta semelhante a dos anos anteriores para 2008.

Preferência do usuário

O consumidor brasileiro prefere câmeras com visor de 2,1 a 2,5 polegadas, sem estabilizadores de imagem, com peso médio de 100g e com cartões de memória do tipo SD/ MMC, segundo o estudo.

As câmeras com PictureBridge (solução de conexão direta para uma câmera digital e uma impressora) e que acompanham zoom óptico e digital - em sua maioria de 3X -, também estão entre as preferidas do público.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail