Home > Notícias

Cancelamento de venda do iPhone 4S gera tumulto em loja na China

Confusão aconteceu nesta sexta-feira, 13/1, depois de uma loja em Pequim adiar o lançamento do aparelho sem informar a razão; compradores passaram a noite na fila

Macworld / Reino Unido

13/01/2012 às 10h27

Foto:

A Apple cancelou repentinamente o lançamento do iPhone 4S em uma de suas lojas em Pequim, na China, levando uma multidão irritada a jogar ovos e chamar a empresa de “mentirosa”, após esperar por horas no frio.

“As pessoas passaram a noite toda esperando”, afirmou o jovem Zhang (não revelou seu sobrenome), de 25 anos. “A Apple não fez um bom trabalho em preparar esse evento.”

Mais de 300 consumidores esperavam na manhã desta sexta-feira, 13/1, em frente à Apple Store no distrito de Sanlitun, em Pequim, esperando colocar suas mãos no iPhone 4S durante o primeiro dia de vendas do aparelho no país. Mas o que se viu pouco lembrava uma fila. Em vez disso, uma grande multidão se posicionou em torno da loja, enquanto esperava no congelante frio. 

As portas da loja permaneceram fechadas alguns minutos após as 7h da manhã (horário local), quando as vendas deveriam começar, segundo a Apple. Por volta das 7h15, um guarda anunciou para a multidão que a Apple estava cancelando as vendas do iPhone 4S hoje na loja, sem especificar uma razão.

No entanto, muitos dos clientes continuaram esperando. Alguns chamaram a Apple de “mentirosa” por cancelar a venda. Um consumidor anunciou então que havia comprado alguns ovos, e começou a jogá-los no vidro externo da loja. Isso levou a um tumulto entre os consumidores e os guardas, que foram então obrigados a correr após serem perseguidos por um grupo de clientes. A Apple não comentou o caso.

iphone4schina_390.jpg

Vidro externo da loja da Apple foi alvo de ataques de ovos pelos consumidores

Por volta das 8h40 da manhã (horário local), um grande grupo de policiais chegou à Apple Store para isolar a área e evitar que outras pessoas ficassem ao redor da loja. Depois, a polícia anunciou que a loja não seria aberta como uma medida para dispersar a grande fila que se formava.

Zhao Wei, 20 anos, que estava esperando na fila, se disse desapontado com o cancelamento das vendas. “Acho que a Apple interrompeu as vendas porque havia muitos contrabandistas esperando para comprar”, afirmou. “Se eu não puder comprar hoje, tudo bem. Eu volto outro dia e compro.”

Segundo a imprensa chinesa, outra loja da Apple em Pequim estava aberta e
vendendo o iPhone 4S normalmente. A única operadora oficial da Apple no
país, a China Unicom, afirmou que a compra online do aparelho pelo seu
site estava temporariamente interrompida por causa do grande número de
visitas.

Porém, segundo o site AllThingsD, um porta-voz da Apple, afirmou que todos os aparelhos colocados à venda já foram comercializados. 

iphone4schina01.jpg

Multidão observa chegada da polícia chinesa em frente à Apple Store de Pequim

Essa não é a primeira confusão registrada em vendas da Apple na loja em Sanlitun. No ano passado, os consumidores quebraram a porta de vidro do local após um conflito com os seguranças fora da loja.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail