Home > Notícias

Canonical recorre ao crowdfunding no projeto do smartphone Ubuntu Edge

Aparelho servirá como plataforma de teste para as mais novas tecnologias em dispositivos móveis

Rafael Rigues

22/07/2013 às 13h15

Ubuntu_Edge-435px.jpg
Foto:

A Canonical está recorrendo ao "crowdfunding" para tornar realidade o projeto de um "smartphone conceito" chamado Ubuntu Edge. Segundo Mark Shuttleworth, fundador da empresa, o aparelho será uma plataforma para teste de "tecnologias de ponta" em dispositivos móveis, que já existem mais ainda não são amplamente adotadas pelos grandes fabricantes.

O aparelho terá um chassi feito de metal, com uma tela de 4.5 polegadas e resolução de 1280 x 720 pixels protegida por cristal de safira em vez de vidro, um material tão resistente que só pode ser arranhado por diamantes. Qualidade de imagem, em vez da resolução, será o fator determinante na escolha da tela, levando em conta a precisão de cor, brilho e faixa dinâmica.

Quando plugado a um monitor externo o Ubuntu Edge se comportará como um PC Desktop rodando uma versão completa do Ubuntu, por isso é necessário muito poder de processamento. O Edge usará "o processador multi-core mais rápido disponível", acompanhado pelo menos 4 GB de RAM e 128 GB de memória interna.

Em termos de conectividade, o aparelho terá duas antenas LTE para acesso a redes 4G em alta velocidade, tanto nos EUA quanto na Europa. E para alimentar tudo isso terá uma bateria usando a tecnologia de "ânodo de silício", que tem mais capacidade que as atuais Lítio-Polímero, ocupando menos espaço. O Ubuntu Edge será um smartphone "dual-boot", capaz de rodar tanto o Android quando a versão para smartphones do Ubuntu. 

O Ubuntu Edge é um projeto em "crowdfunding", ou seja, só será produzido se um número suficiente de pessoas se interessarem em patrocinar a idéia, e o objetivo é arrecadar US$ 32 milhões em 31 dias. As contribuições vão de US$ 20, o que garante ao patrocinador seu nome entre os "fundadores" do projeto, a US$ 80 mil, um pacote para empresas com 100 aparelhos e 30 dias de suporte técnico online. Quem quiser apenas o smartphone terá de desembolsar US$ 600 até as 12:00 deste dia 23 de Julho, ou US$ 830 depois disto.

Mais informações sobre o Ubuntu Edge estão disponíveis na página oficial do projeto no site Indiegogo.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail