Home > Dicas

Vai cair na folia? Leve um smartphone Android com você

Seu celular pode ajudá-lo a se comunicar e se divertir, durante o carnaval. Veja nossas dicas!

Rafael Rigues, PC World Brasil

04/03/2011 às 14h50

Carnaval_Abre-435px.jpg
Foto:

O carnaval está chegando, e durante quatro dias o país inteiro cai na folia. E seu smartphone pode ser um bom companjeiro na festa: além de ajudá-lo a encontrar um bloco e se comunicar com seus amigos, ele pode ser usado para tirar e fotos da festa e compartilhá-las com o mundo todo em sua rede social favorita num instante.

Cadê o bloco?

Para quem pretende curtir o carnaval de rua uma boa pedida é o app Folia 2014, que traz informações sobre blocos, escolas de samba e trios elétricos em Rio de Janeiro, São Paulo, Recife/Olinda e Salvador, mapa dos eventos ao seu redor, um sistema de busca para que você possa saber quando e em qual trio elétrico seu artista favorito irá tocar e mais.

Outra opção para o carnaval de rua no Rio de Janeiro é o BlocoDroid Blocos de Rua 2014, que conta com mais de 500 blocos de rua cadastrados e organizados por região, alerta sobre os próximos desfiles e tem até um "radar" que usa o GPS para indicar o bloco mais próximo de você. E quem vai ficar em São Paulo tem à disposição o Carnaval 2014 Blocos de Rua, com recursos similares. Todos são ótimos para quem quer ir até a folia, e até mesmo para quem quer fugir dela!

blocodroid-360px.jpg
Encontre os blocos mais próximos com o BlocoDroid

Fotos

O carnaval sempre rende ótimas fotos, e o sol do verão ajuda muito quem pretende usar o smartphone para fotografar a folia ou os bons momentos com os amigos. Mas o aparelho sozinho não faz milagres, e você pode dar uma mãozinha tomando cuidados simples para garantir fotos melhores.

Comece seguindo estas nossas dicas de fotografia. E não se esqueça de aplicativos como o Pixlr Express, que tem várias ferramentas e efeitos para dar um toque mais artístico às suas imagens. E para compartilhá-las, nada melhor que o Instagram, a maior rede social voltada à fotografia no planeta. 

pixlr-360px.jpg
Pixlr tem muitos filtros e efeitos para dar aquele "toque especial" em suas fotos

Outra dica é instalar o app de um serviço de armazenamento online, como o Dropbox, ou OneDrive (antigo SkyDrive), ou de uma rede social como o Google+. Todos tem um recurso extremamente útil: o upload automático de fotos e vídeos que você fizer com seu aparelho para seu espaço na "nuvem", sempre que o smartphone estiver conectado à internet. Assim caso ele seja perdido, roubado ou tome um banho de cerveja, pelo menos você não fica sem suas fotos.

Redes sociais e comunicação

Usar as redes sociais para se comunicar com amigos e coordenar a festa é comum, e aplicativos para isso não faltam. Fãs do Twitter tem no cliente oficial, embora alternativas como o Plume não fiquem muito atrás. E há clientes oficiais para o Facebook, Orkut e muitas outras redes no Android Market.

googleplus_upload-360px.jpg
App do Google+ faz backup automático de suas fotos

Lembre-se que, num aperto, você pode usar o Twitter no celular mesmo sem um smartphone. Basta configurar o acesso ao serviço via SMS. E falando em mensagens, o WhatsApp é uma forma extremamente popular de enviar e receber mensagens para os amigos em qualquer lugar do Brasil e do mundo driblando as tarifas por mensagem e "pacotes" oferecidos pelas operadoras. Alternativas populares ao WhatsApp incluem o Telegram, que é completamente gratuito e inclui recursos extras de segurança, e o Viber, que além de mensagens também permite chamadas de voz gratuitas entre os usuários.

Força extra

Seu smartphone pode não ter tanto fôlego quanto você, e não há nada mais irritante do que descobrir que ele está “mortinho” na hora de anotar um telefone ou tirar uma foto com a turma. Uma solução para isso é carregar na bolsa uma bateria externa, e há muitas opções disponíveis, com recursos e preços variados. Este artigo mostra o que realmente importa na hora de escolher uma bateria externa, e este outro dá dicas de como conseguir recargas mais rápidas e prolongar a vida útil das baterias. 

powergen-360px.jpg
Use uma bateria externa, como esta acima, para dar um "fôlego extra" para o seu smartphone

E os velhos truques para aumentar a autonomia da bateria continuam valendo: desative redes que você não usa (Wi-Fi, Bluetooth, 3G), desative a vibração do aparelho, diminua a frequência com que ele busca por mensagens ou atualizações de redes sociais, reduza o brilho da tela e não ouça música ou assista vídeos via streaming.

Caramba, cadê meu celular?!?

É claro que você não vai cair na folia com seu smartphone desprotegido. O risco de ter o aparelho extraviado ou furtado existe, sem falar nos riscos ao acessar a internet através de redes abertas. Por precaução recomendamos que você instale um pacote de segurança como o AVG Antivírus GRÁTIS por um motivo simples: além de protegê-lo contra apps maliciosos ele traz um conjunto completo de ferramentas para localizar, bloquear e até mesmo apagar o conteúdo de um smartphone perdido ou roubado.

Mas mesmo que você não tenha um pacote de segurança como o AVG instalado, ainda pode ser capaz de localizar um smartphone perdido. Em agosto passado a Google começou a ativar em todos os aparelhos com Android 2.2 ou superior o Android Device Manager, um serviço de localização que poder acessado a partir de qualquer PC conectado à internet.

Com ele você pode não só encontrar o aparelho como apagar remotamente todo seu conteúdo, evitando que suas informações pessoais caiam nas mãos de pessoas mal-intencionadas. Atenção: o recurso que permite apagar remotamente o aparelho precisa ser habilitado previamente, então antes de sair de casa acesse o site do serviço e siga as instruções.

E não custa avisar: se você conseguir localizar um smartphone que foi roubado, não tente ir atrás dele sozinho, ou você pode se colocar em perigo. O ideal é entrar em contato com a polícia e repassar as informações a ela. Um gadget não vale sua vida: mantenha sempre a sua segurança em primeiro lugar.

android_device_manager-435px.jpg

Há vários apps e serviços para localizar um smartphone perdido

Ih, molhou! O que eu faço agora?

Outra coisa que pode dar muita dor de cabeça a um usuário de um smartphone é o "banho". Derramaram cerveja sobre seu aparelho na mesa do bar? Você pulou na piscina com ele no bolso? Tomou uma baita chuva enquanto desfilava no bloco? Não se desespere: é possível salvar um celular molhado se você agir rápido e seguir algumas dicas simples. Respire fundo, pegue uma toalha e pouco de arroz e mãos à obra!

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail