Home > Notícias

Carregar o Linux via UEFI pode “matar” alguns notebooks da Samsung

Usuários relatam ter perdido máquinas devido a um problema que parece estar relacionado a um driver do kernel

Katherine Noyes, PC World/EUA

01/02/2013 às 12h45

Foto:

Um problema com um driver no kernel Linux tem feito com que alguns usuários de notebooks Samsung encontrem suas máquinas “mortas” após tentar rodar o Linux nelas. A informação vem de vários relatos de bug (bug reports) no sistema de rastreamento de bugs da distribuição Ubuntu, que lista os modelos NP300E5C , NP530U3C, NP700Z3C, NP700Z5C, NP700Z7C e NP900X4C e como sendo afetados pelo problema, que ocorre quando um usuário tenta dar boot no sistema via UEFI (Unified Extensible Firmware Interface).

Um dos usuários que relatou o problema diz ter perdido duas máquinas.

“Sem som, sem nada”

“Não posso fornecer registros detalhados porque neste momento meu notebook está morto”, disse o usuário em um bug report feito em agosto. “Se você tiver coragem de tentar, selecione a opção UEFI boot na BIOS e tente dar boot no sistema via LiveUSB” (com o sistema rodando a partir de um pendrive).

“O notebook congela em uma tela preta”, disse o usuário. “Se você tentar desligá-lo depois disso ele não irá ligar mais. Nem mesmo carregar a BIOS. A tela fica preta, sem sons, sem nada”. A mesma coisa aconteceu com o notebook antigo do mesmo usuário, mas a máquina ainda estava sob garantia e pôde ser reparada substituindo a placa-mãe.

O problema foi identificado tanto por usuários do Ubuntu Linux 12.04 “Precise Pangolin” quando to Ubuntu 12.10 “Quantal Quetzal”, mas é provável que outras distribuições Linux também sejam afetadas.

Pelo menos um usuário reportou um problema similar com um Lenovo IdeaPad n585, mas isso ainda não foi confirmado.

Atualização de BIOS?

De qualquer forma, o problema não parece estar relacionado ao sistema de boot seguro (Secure Boot) que causou tanta controvérsia antes do lançamento do Windows 8. 

Um desenvolvedor do Ubuntu, Steve Langasek, confirmou em um comentário postado na semana passada que a Canonical (que coordena o desenvolvimento do Ubuntu) está em contato com a Samsung sobre o problema, mas que no momento não há revisão para o lançamento de uma atualização de BIOS que possa corrigí-lo.

Neste meio tempo, Langasek sugere aos usuários interessados em rodar o Ubuntu em uma das máquinas afetadas que baixem as imagens “daily” do sistema, que foram modificadas para evitar o problema.

Segundo o site The H, Linus Torvalds aprovou na manhã desta quinta-feira duas mudanças no kernel Linux que irão evitar o problema. Elas serão inclusas na versão 3.8 do kernel, e ao longo das próximas semanas também nas versões 3.0, 3.2, 3.4 e 3.7. 

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail