Home > Notícias

Cartilha da Câmara de Comércio Eletrônico orienta sobre compras na web

Entre outras dicas, a cartilha ensina o internauta a fazer o passo-a-passo de uma compra segura, começando pelo PC em que efetuará a aquisição.

Redação do IDG Now!

21/12/2010 às 2h33

Foto:

A Câmara Brasileira de Comércio Eletrônico criou uma "cartilha virtual" para orientar as compras de Natal dos internautas. “Percebemos que grande parte dos comentários dos e-consumidores vinham em forma de dúvidas muito simples sobre a utilização do comércio eletrônico. Todos estes questionamento foram abordados na cartilha de forma didática e neutra”, explica Leonardo Palhares, coordenador do comitê jurídico da camara-e.net.

Entre outras dicas, a cartilha ensina o internauta a fazer o passo-a-passo de uma compra segura, começando pelo computador onde efetuará a compra, que deve sempre estar com seu antivírus atualizado. Muitos internautas também se esquecem de verificar a segurança da conexão. “Algumas pessoas possuem internet sem fio em casa e não colocam senha, deixando seu computador completamente vulnerável a uma possível invasão”, explica Palhares.

Outras dúvidas podem ser esclarecidas no tutorial, como verificação do carrinho de compras, se existe segurança na página onde o e-consumidor vai digitar seus dados cadastrais, informações para o pagamento e, por fim, a necessidade de guardar o número do pedido para poder acompanhar sua compra.

Durante a navegação na cartilha, o e-consumidor poderá passar o mouse sobre “etiquetas” vermelhas que exibem explicações sobre pontos como: central de atendimento, preço, descrição técnica, selos de segurança, entre outras.

e-Natal

A camara-e.net espera um forte crescimento do comércio eletrônico neste Natal. Época do ano em que o varejo on-line e off-line fica mais aquecido, o Natal deve registrar um crescimento da ordem de 40% no e-comércio. “O faturamento das vendas on-line do segmento do e-varejo deve superar R$ 15 bilhões em 2010 e a previsão de crescimento para o último trimestre é de R$ 3,3 bilhões”, prevê Manuel Matos, presidente da camara-e.net. O número de e-consumidores também deve crescer em 2010, passando de 17 milhões, em 2009, para 23 milhões neste ano.

Seguindo a mesma tendência de 2009, os produtos de informática e eletrônicos devem ser destaque de vendas, seguidos por livros, CD´s e DVD´s, os últimos na quantidade de itens vendidos.  Os e-varejistas estão se preparando para atender o crescimento da demanda que ocorre nesta época do ano. “Nas três semanas que antecedem o Natal, o e-varejo vende o volume equivalente a oito semanas médias e o ticket médio de 2009 foi de R$ 346,00”, explica Matos.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail