Home > Notícias

CD perde espaço para vinil e MP3

Vendas de músicas em MP3 e discos de vinil dobram em 2008, revela Nielsen SoundScan.

Redação do Computerworld / EUA

02/01/2009 às 14h30

Foto:

O Compact Disc continua perdendo espaço no mercado fonográfico. Segundo o Gartner, o Natal de 2008 foi o último para as vendas de CDs, mas o setor não perde apenas para as músicas no formato MP3. Em 2008 foi vendido um total de 1,88 milhão de discos de vinil nos Estados Unidos e no Canadá, segundo um levantamento da Nielsen SoundScan. O resultado dobrou em relação a 2007, quando o segmento vendeu 990 mil unidades, tendo crescido 14% em vendas sobre os 858 mil discos vendidos em 2006.

O volume de vendas de LPs bate o recorde de 2000, quando as vendas somaram 1,5 milhão de unidades na América do Norte.  O índice SoundScan, que serve como referência para o ranking da Billboard, faz a medição desde 1991.

As vendas de músicas em MP3 saltaram de 32,6 milhões em 2006 para 65,8 milhões no ano passado, revela o SoundScan. Enquanto isso, os CDs viram seus números caírem de 553,4 milhões de unidades vendidas em 2006 para 360,6 milhões em 2008

Os amantes da música costumam dizer que os discos de vinil oferecem melhor fidelidade sonora em relação aos CDs e arquivos de MP3. E mesmo com a dominação das gravações digitais, nos últimos 25 anos, as vendas de LPs voltaram a ganhar fôlego graças a consumidores que buscam mais qualidade do que as faixas de MP3, vendidas a 99 dólares, podem oferecer.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail