Home > Notícias

Celular ‘pai-de-santo’ faz crescer uso de orelhões em São Paulo

Segundo a Telefônica, aumento se dá porque as pessoas recebem chamadas no celular, mas ligam de volta usando telefones públicos.

Redação do IDG Now!

24/11/2008 às 16h35

Foto:

Apesar do número de celulares no Brasil não parar de crescer (já são quase 145 milhões de telefones móveis, em todo o País), o uso de orelhões continua em alta, conforme revela a operadora de telefonia fixa Telefônica.

Segundo a operadora, o uso de telefones públicos cresceu 53% entre 2003 e 2007. Para medir o crescimento, a operadora analisou as vendas de cartões telefônicos, que subiu de 110,7 milhões de unidades em 2003 para 169 milhões em 2007.

A notícia, aparentemente, não faz sentido. Afinal, se mais pessoas têm celulares, por que elas usariam orelhões? A resposta é relativamente simples: segundo a Anatel, dos cerca de 145 milhões de telefones móveis, mais de 117,5 milhões são de telefones pré-pagos.

O que acontece é que muitos usuários apenas recebem chamadas nos celulares [popularmente batizado de celular 'pai-de-santo'], mas na hora de ligar de volta, recorrem a um telefone público, cujo custo da ligação é mais baixo, afirma a Telefônica. Uma ligação de orelhão para um telefone fixo, por exemplo, custa apena seis centavos de real.  Já de um celular, a mesma ligação pode custar 1 real e 42 centavos.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail