Home > Notícias

Censurado na China, software para iPhone que cria “playlist sexual” chega ao Brasil

SexyTime Sex Position Guide dá dicas para apimentar a relação e sugere uma sequência de posições para o encontro, entre outros recursos

Daniel dos Santos, Now! Digital

08/07/2010 às 11h05

Foto:

Depois de uma “complicada negociação” com a Apple, como definem os executivos da empresa Calvert Strategies, o aplicativo sexual SexyTime Sex Position Guide and Choreographer (que custa 2 dólares) foi aprovado pela Apple e está disponível para download na App Store (inclusive no Brasil). Mas não em todos os países. O programa foi proibido na China.

O software, que conseguiu “driblar” a resistência da empresa de Steve Jobs sobre o tema, traz, entre outros recursos, um sistema que cria “playlists sexuais”. Traduzindo: o aplicativo monta uma lista de posições para que a pessoa siga durante um encontro mais apimentado, com direito a detalhes sobre como realizar cada uma delas.

Para driblar os “censores” da Apple, a Cavert investiu em imagens que mostram apenas a a silhueta dos amantes, apesar de os textos (em inglês) serem mais explícitos. A ideia da empresa é oferecer uma espécie de “personal trainer virtual para o sexo”, com dicas sobre como conseguir maior prazer. Será que funciona?

sexiphone

SexyTime: "personal trainer sexual"

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail