Home > Notícias

CEO da Google celebra avanço do Android durante o MWC 2011

Eric Schmidt disse que 300 mil aparelhos com Android são ativados por dia, mas evitou discutir a fragmentação da plataforma

IDG News Service/Seattle

16/02/2011 às 10h40

Foto:

O CEO da Google, Eric Schmidt, subiu ao palco do Mobile
World Congress
(MWC 2011) em Barcelona (Espanha), na terça-feira (15/2), para celebrar o crescimento do
sistema operacional Android em tablets e smartphones, mas também houve oportunidade para comentários sobre Chrome, buscas e YouTube.

Schmidt disse que 300 mil aparelhos com Android são ativados
por dia, e a app store para Android já conta com 150 mil apps – um número que
triplicou nos últimos nove meses.

Os desenvolvedores agora pensam primeiro nos apps móveis
porque é aí que está o crescimento, acrescentou, destacando que as vendas de
smartphones ultrapassaram as de PC no último trimestre.

Há diversas tendências em andamento, disse Schmidt:
computação em nuvem, que tem estado presente por algum tempo; o fato de que os
aparelhos têm recebido mais e mais poder de processamento; e o fato de que as
redes estão se tornando mais poderosas.

Aparentemente 98% das operadoras móveis oferecem velocidades
na casa dos megabits por segundo, afirmou. E, sobre a LTE – a mais recente
tecnologia para banda larga móvel -, Schmidt disse que ela vai criar
oportunidade para outro conjunto de aplicações que, por enquanto, só podemos
imaginar quais serão.

Edição de vídeo
Um desses novos apps Android, e que foi demonstrado por um funcionário
da Google no palco da MWC 2011, é o Movie Studio, um app construído para tablets e que
permite às pessoas editar vídeos.

A demo mostrou como um usuário pode arrastar
um título a uma imagem e reordenar os itens na linha do tempo do vídeo, com
operações simples de arrastar e soltar. Efeitos de panorâmica e ampliação
também podem ser inseridos, e com um arrastar de dedos o usuário poderá ampliar a imagem
do vídeo na tela.

Schmidt disse que a crescente penetração dos celulares traz a
esperança de ampliar a comunicação entre pessoas ao redor do mundo que
atualmente não têm acesso à conexão online, e de resolver alguns dos maiores
problemas do mundo, como o terrorismo e o aquecimento global.

Sobre a posição da Google na guerra dos browsers, Schmidt
disse que há 120 milhões de usuários ativos do Chrome.

Enquanto isso, o site de vídeos YouTube ainda é o líder a
ser vencido: Schmidt disse que 35 horas de vídeo são carregadas no site a cada
minuto. Sua receita dobrou em 2010, completou, e a Google tem obtido receita
com conteúdo profissional.

Schmidt recusou-se a se envolver numa questão levantada pela
audiência sobre a fragmentação do Android, um fato que preocupa parte dos
desenvolvedores.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail