Home > Notícias

CES 2013: Intel mostra novos chips para tablets e smartphones

Chips tornam possíveis aparelhos com melhor desempenho, maior autonomia de bateria e menor custo

Rafael Rigues

07/01/2013 às 19h52

Foto:

Durante sua conferência de imprensa na CES 2013 a Intel apresentou uma nova linha de produtos voltados ao mercado de smartphones e tablets, redobrando seus esforços iniciados no ano passado. Os chips, que chegam ao mercado em produtos ao longo do ano, proporcionarão aos usuários melhor desempenho, menor custo e maior autonomia de bateria.

Smartphones de baixo custo

Os primeiros smartphones com processadores Intel chegaram ao mercado em 2012, e impressionaram com uma combinação de bom desempenho e preço acessível, como no Motorola RAZR i. Para expandir sua atuação nesse mercado a empresa anunciou o lançamento de uma plataforma para aparelhos de baixo custo. Mas atenção, porque “baixo custo” aqui não significa pouco desempenho ou recursos.

A plataforma é baseada no processador Intel Atom Z2420 (codinome “Lexington”), operando a até 1.2 GHz, combinada a um modem HSPA+ que permite velocidades de download de até 21 Mb/s em redes compatíveis. Há suporte a Dual-SIM/Dual Standby (dois “chips” ativos ao mesmo tempo), codificação e decodificação de vídeo em alta-definição, câmeras de 1.3 a 5 MP capazes de fazer 7 fotos por segundo, uma GPU PowerVR SGX540, Rádio FM, slot para cartões microSD e suporte à tecnologia WiDi (Wireless Display), que permite transmitir imagens do smartphone para uma TV de alta-definição compatível sem o uso de cabos.

Assim como na geração anterior de aparelhos, a Intel criou um “design de referência” que pode ser usado pelos fabricantes como base para seus aparelhos, ou simplesmente levado ao mercado como está. Fabricantes como a Acer, Safaricom e Lava já anunciaram a intenção de produzir smartphone baseados na nova plataforma.

Próxima geração de tablets

A Intel também anunciou brevemente uma nova família de processadores para a próxima geração de tablets, batizada de “Bay Trail”. São processadores Intel Atom Quad-Core, com desempenho até duas vezes superior aos processadores atuais e suporte aos sistemas operacional Windows 8 e Android. As primeiras máquinas com o novo chip devem chegar ao mercado a tempo para a temporada de compras no fim do ano.

Também foi anunciada uma nova linha de processadores Intel Core de 3ª geração (Ivy Bridge) e baixo consumo, voltados para o uso em tablets, híbridos e conversíveis. Os chips tem TDP de apenas 7 Watts, ainda menos que os 10 Watts originalmente estimados pela Intel. Segundo a fabricante o desempenho é “cinco vezes superior” ao de concorrentes como o Nvidia Tegra 3 (no qual são baseados aparelhos como o Nexus 7, da Google, e Surface, da Microsoft) e bom o suficiente para rodar jogos de PC como Civilization V em um tablet com 10 mm de espessura. Máquinas equipadas com os novos chips, como o Lenovo IdeaPad Yoga 11s, devem chegar às lojas “em alguns meses”.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail