Home > Notícias

China: Alerta falso de terremoto leva hacker para a cadeia

Chinês de 19 anos está preso por entrar no site da agência sismológica e inserir um alerta de terremoto de 9.0 na escala Richter.

IDG News Service/China

17/06/2008 às 10h18

Foto:

Um adolescente identificado apelas pelo sobrenome, Chen, invadiu o site da Agência Sismológica Guangxi para alertar os residentes do sudoeste da China a se prepararem para um iminente terremoto que poderia medir 9.0 na escala Richter. A informação foi divulgada no site da Central Chinesa de Televisão na
segunda-feira (16/06).

A informação poderia ter causado pânico. Em 12 de maio, um terremoto medindo 7.8 surpreendeu a província de Sichuan, matando mais de 70 mil pessoas e deixando milhões de desabrigados. Após o tremor, muitas pessoas têm ficado presas aos rumores de que terremotos podem agora ser previstos de forma semelhante à previsão do tempo, embora não tivesse ocorrido aviso quanto aos abalos de Sichuan.

Um terremoto medindo aproximadamente 9.0 foi a causa do tsunami asiático em 2004, que matou cerca de 250.000 em torno do Oceano Índico.

Chen foi detido em Guangxi, província da cidade de Taicang em 4 de junho e estava sendo mantido na capital da província de Nanning. O comunicado não indicou quais exatamente seriam as acusações nem quando Chen enfrentará o julgamento ou a qual tipo de punição ele estará sujeito.

Chen confessou e disse que alterou o site para demonstrar a sua habilidade técnica, de acordo com o relatório.
++++
Outros jovens têm se envolvido em eventos desagradáveis online desde o terremoto. No final de maio, Gao Qianhui, residente da província de Liaoning causou um alvoroço quando sua webcam gravou a apatia das vítimas do tremor e caiu em sites de vídeo online. Gao foi mais tarde preso com sentenças não especificadas.

Na semana passada, uma jovem conhecida apenas como “Xiaoyun” ou “Little Cloud” e declarada ser nativa de Sichuan publicou fotos fúnebres de si mesma online. “Estou postando algumas fotos para encorajar contribuições” para os esforços de ajuda humanitária, ela alegou. A autenticidade das fotos não ficou comprovada, mas as imagens têm circulado em blogs e quadros de avisos na China.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail