Home > Notícias

China tem mais 22 lojas falsas da Apple

Autoridades da cidade de Kunming notificaram as “revendas piratas”, para que parem de copiar o famoso logo da maçã, entre outras coisas

Redação Macworld Brasil

11/08/2011 às 16h20

Foto:

Em julho, duas lojas “piratas” na China, que copiavam até o logo da Apple, foram fechadas. Agora, autoridades da cidade chinesa de Kunming encontraram nada menos que 22 pontos de venda que seguem o mesmo “conceito”, segundo informou a agência Reuters.

As 22 lojas, que são acusadas de violar os direitos de marca da empresa de Steve Jobs, foram notificadas para que parem de utilizar o layout das lojas da Apple (esses estabelecimentos se apropriam de muitas características das lojas oficiais, como painéis e até uniformes dos funcionários, sem autorização).

A China é conhecida pelo grande índice de pirataria de produtos. O iPhone 5, por exemplo, que não foi sequer confirmado pela Apple, já tem versão pirata nas lojas, por cerca de 30 dólares. No Brasil, o produto custa cerca de 200 reais.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail