Home > Notícias

Chrome lidera lista dos aplicativos mais vulneráveis a ataques

Segundo relação criada pela empresa de segurança Bit9, navegador do Google lidera ranking com 76 vulnerabilidades reportadas.

Network World (EUA)

16/11/2010 às 13h08

Foto:

O Chrome, navegador desenvolvido pelo Google, ganhou a duvidosa distinção de ser o aplicativo mais vulnerável a ataques de hackers na lista Dirty Dozen, que é compilada pela empresa de segurança Bit9. A relação indica quais aplicativos exigem mais atualizações de segurança entre janeiro e outubro.

As informações para criação da relação foram retiradas do banco de dados do National Institute of Standards and Technology’s.  Ele indica que o browser do Google atingiu o topo do ranking com 76 vulnerabilidades reportadas.  O segundo lugar foi mantido pelo Safari, browser da Apple, com 60 brechas reportadas. A “medalha de bronze” ficou por conta da suíte de aplicativos Microsoft Office, com 57. Os outros programas que integram a lista são:

4. Adobe Acrobat - 54
5. Mozilla Firefox - 51
6. Sun JDK - 36
7. Adobe Shockwave Player - 35
8. Microsoft Internet Explorer - 32
9. RealNetworks RealPlayer - 14
10. Apple Webkit - 9
11. Adobe Flash Player - 8
12. Apple Quicktime e o navegador Opera (juntos) – 6

O Google Chrome é um navegador relativamente novo e é possível que os especialistas em segurança estejam focando nele com mais intensidade, descobrindo suas vulnerabilidades.

Segundo Harry Sverdlove, CTO da Bit9, diversos tipos de vulnerabilidades impactaram estas aplicações – incluindo estouros de buffer e ataques via cross-site scripting. O executivo afirma que foram reportadas 3.268 falhas para criação da lista.

Algumas vulnerabilidades exploradas permitem ataques que podem comprometer totalmente o PC do usuário, representando um risco para as empresas. Listas como a Dirty Dozen destaca tendências e a necessidade de manter os softwares devidamente atualizados contra crackers.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail