Home > Notícias

Chromebooks podem ganhar recursos de gerenciamento remoto

Assim como no Android, usuários poderão apagar, localizar ou bloquear uma máquina perdida ou roubada, protegendo seus dados.

Jared Newman, PCWorld EUA

09/05/2014 às 17h51

Foto:

Com a adição de ferramentas de gerenciamento, no futuro perder um Chromebook pode ser um incômodo menor. Sinais de ferramentas para apagar, localizar ou bloquear um dispositivo com o Chrome OS apareceram na mais recente versão para os desenvolvedores, de acordo com François Beaufort.

Estas opções podem ser vistas executando o Chrome com o parâmetro experimental --enable-consumer-management na linha de comando e depois acessando a URL chrome://settings. Mas nomento nenhum dos recursos funciona, portanto não há motivo para habilitá-los. Também não há uma garantia de que eles sejam adicionados a futuras versões estáveis (as distribuídas aos usuários) do Chrome OS. Ainda assim, não é difícil imaginar a Google adicionando aos Chromebooks ferramentas similares àquelas que ela já oferece em qualquer smartphone Android.

chromebookremotewipe-100267340-large
O item Security na tela de configurações permite ativar o gerenciamento remoto

Ao contrário de um sistema operacional desktop tradicional, como o Windows ou o Mac OS X, o Chrome OS foi projetado para que os usuários armazenem a maioria de seus arquivos e dados em serviços online. Por isso os usuários podem estar mais dispostos a “apagar” remotamente um aparelho perdido, já que a seus arquivos não estão realmente armazenados nele. Ao mesmo tempo, serão capazes de impedir que alguém tenha acesso às suas contas e dados online. E embora nem todos os Chromebooks tenham GPS integrado, a localização remota pode ser útil nos poucos modelos que são equipados com modems 3G ou 4G. 

Os indícios do gerenciamento remoto no Chrome OS surgiram um mês depois do site Android Police descobrir um recurso chamado “Easy Unlock”, também em uma versão em desenvolvimento. Atualmente este recurso também está inativo, mas permitiria ao usuários pular a tela de login quando o Chromebook está pareado com outro aparelho, como um smartphone. Estes recursos de segurança, em conjunto com mais apps e serviços capazes de funcionar offline, podem ajudar a afastar a reputação de que os Chromebooks são “nada mais que um navegador”.

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail