Home > Notícias

Cientistas do MIT ensinam robôs a interagir com objetos não-programados

Sistema permite que a máquina detecte as coordenadas do objeto, para então determinar o que fazer com ele

Da Redação

19/03/2019 às 18h00

Foto: MIT

Pesquisadores do Laboratório de Ciência da Computação e Inteligência Artificial (CSAIL, na sigla em inglês) do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT) desenvolveram um novo sistema que permite a robôs pegar e segurar qualquer objeto, mesmo que a máquina não os tenha visto anteriormente. Pode parecer algo pequeno, mas quase todos os robôs atuais usados em fábricas precisam ser pré-programados para saber quais peças irão coletar.

O sistema, batizado de Keypoint Affordance Manipulation (kPAM), consegue ser mais apurado do que as tecnologias recentes. Após detectar todas as coordenadas do objeto, inclusive seu tamanho e proporção, o mecanismo determinar o que pode fazer com ele. Por exemplo, se detectar que se trata de uma caneca, o braço robótico então a segura. Se for um par de sapatos, o coloca dentro do armário.

"Entender um pouco mais sobre o objeto - a localização de alguns pontos chave - é o suficiente para permitir uma gama ampla de tarefas úteis de manipulação. E essa representação em particular funciona muito bem com o aprendizado de máquina de última geração baseado em algoritmos de percepção e planejamento", disse Russ Tedrake, um dos autores do estudo.

Para o futuro, os cientistas esperam aprimorar o sistema até o ponto que as máquinas consigam desempenhar ações mais complexas, como tirar as louças de uma máquina de lavar e limpar o chão da cozinha. Os pesquisadores também acreditam que o recurso poderá ser implementado em robôs de fábricas para agilizar alguns processos.

Com informações: Engadget

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail