Home > Dicas

Cinco dicas para calibrar a tela no Windows e ajudar na concentração

Automatize o modo escuro, reduza a luz azul, diminua os monitores secundários e muito mais com estes truques

Jared Newman, da PCWorld (EUA)

27/07/2019 às 18h33

Foto: Shutterstock

Quando você está tentando se concentrar em uma tarefa específica, as configurações de tela podem fazer uma grande diferença. O escurecimento ou a desativação dos monitores secundários, o corte na iluminação do display ou a eliminação total da cor podem ajudar a atrair os olhos para o trabalho em questão e reduzir a fadiga ocular.

Com as ferramentas certas, o Windows pode tornar o gerenciamento dessas configurações de exibição praticamente sem esforço. Aqui estão cinco dicas de manipulação de tela e truques para ajudá-lo a se concentrar.

Modo escuro automático

Com a atualização de maio de 2019 do Windows 10, a Microsoft adicionou um modo “light” para complementar o tema escuro existente, tornando a barra de tarefas, o menu Iniciar e alguns menus de aplicativos em um tom claro de cinza. Infelizmente, a Microsoft não oferece nenhuma maneira de alternar automaticamente entre os modos claro e escuro, para que suas vibrações de exibição possam ser muito suaves durante o dia e muito rigorosas à noite.

Se isso incomoda, há o aplicativo Windows 10 Auto Dark Mode, que pode alternar entre os modos claro e escuro com base na hora do dia. Você pode especificar os horários de luz e escuridão, ou usar sua localização para alternar automaticamente ao nascer e pôr do sol. Para esta última opção, você deve habilitar Permitir que os aplicativos acessem seu local em Configurações do Windows > Privacidade > Localização. O Modo Escuro Automático permite até que você configure papéis de parede separados para complementar cada modo.

Elimine a luz azul à noite

Nos últimos dois anos, o Windows 10 ofereceu um modo de “luz noturna” que faz sua tela parecer mais quente com menos luz azul. Você pode habilitar essa configuração e executá-la em um agendamento, indo para Configurações do Windows > Tela e, em seguida, selecionando Configurações de luz noturna.

Para ainda mais controle sobre a temperatura da tela, você pode baixar o aplicativo gratuito F.lux. Em vez de apenas oferecer um único controle deslizante de temperatura para o modo noturno, o F.lux tem três níveis separados para o dia, o pôr do sol e a noite. Você pode editar essas configurações pressionando o botão de menu em F.lux e, em seguida, selecionando "Ajustar cores diurnas e noturnas".

O F.lux também pode desabilitar automaticamente cores mais quentes ao usar certos programas - útil para a edição de fotos noturnas - ou ao usar qualquer programa no modo de tela inteira. Basta clicar no botão de menu e apontar para Desativar. A partir daqui, você pode substituir as alterações de cor de qualquer aplicativo que esteja aberto no momento.

Modo de escala de cinza para máxima concentração

Quando você está tentando realizar um trabalho, todos os ícones coloridos de aplicativos na barra de tarefas e no menu Iniciar são apenas um sinal para você perder tempo nas redes sociais ou dar uma olhada no e-mail. Definir sua exibição para o modo de tons de cinza pode ajudar a evitar a tentação.

Para ativar o modo de escala de cinza interno do Windows 10, vá para Configurações > Acesso Rápido > Filtros de cor. Ative a opção Ativar filtros coloridos e selecione Escala de cinza na lista abaixo. Você também deve marcar a opção Permitir que a tecla de atalho ative e desative o filtro, para que você possa pressionar Windows + Ctrl + C para ativar a escala de cinza sem revisitar esse menu.

Para dar um passo adiante, tente ativar a opção Escala de cinza invertida em vez da escala de cinza padrão. Isso tornará os tons claros mais escuros e vice-versa, para que você possa escrever em um plano de fundo preto em programas como o Word.

O já mencionado F.lux também tem o próprio modo de escala de cinza, que você pode alternar pressionando Windows + End. Usando isso em conjunto com os filtros de cores do Windows acima, você pode ter um atalho de teclado para tons de cinza padrão (Windows +End via F.lux) e um segundo atalho para o modo invertido em tons de cinza (Windows + Ctrl + C via filtros de cores do Windows).

Escureça um ou mais monitores com facilidade

As configurações de vários monitores são ótimas para fazer referência a vários aplicativos ao mesmo tempo - até que você passe muito tempo olhando para suas telas fora do centro e acabe sobrecarregando seu pescoço. Com o aplicativo gratuito PangoBright, você pode diminuir o brilho de monitores individuais diretamente da bandeja do sistema, mantendo o foco na tela principal. Tente configurar seus monitores secundários para 50% ou 60% de brilho e veja se isso faz diferença.

Se já estiver usando o utilitário DisplayFusion para vários monitores, pode configurar algo semelhante sem instalar mais software. Abra as configurações de DisplayFusion, vá para o menu Functions, clique em Scripted Function e escolha Download Scripted Function. Selecione Dim All Monitors Except Primary na lista e clique em Download Function. Crie um atalho de teclado com o botão Edit no canto superior direito e clique em OK.

Desative automaticamente seu segundo monitor para alguns apps

Esse último truque pode ser um exagero, mas se você tiver uma configuração de vários monitores, poderá criar um arquivo em lotes para encerrar monitores secundários automaticamente ao iniciar aplicativos específicos. Isso pode ser útil quando você quer se concentrar em escrever ou jogar jogos sem telas extras na sua visão periférica. Embora você possa realizar o mesmo objetivo pressionando os botões de desligar dos monitores ou usando o atalho do Windows + P para desativar telas secundárias, automatizar a rotina é muito mais satisfatório.

Usaremos o lançador do Steam da Valve como exemplo. Comece criando um arquivo de texto em qualquer diretório - o mesmo diretório em que a instalação do Steam está funcionando - com as seguintes linhas:

displayswitch /intern

C:\Arquivos de programas\Steam\Steam.exe

displayswitch /extended

Se você tiver instalado o Steam em um diretório diferente do padrão ou quiser abrir um aplicativo diferente, será necessário substituir C:\Arquivos de programas\Steam\Steam.exe pelo diretório de instalação e pelo nome do arquivo.

Salve o arquivo de texto e renomeie o arquivo para Steam.bat usando o Gerenciador de Arquivos.

Em seguida, criaremos um atalho para esse arquivo que se parece com o ícone normal do Steam. Clique com o botão direito na área de trabalho e selecione Novo > Atalho, em seguida, digite cmd /c “C:\Arquivos de Programas\Steam\ Steam.bat” na barra de localização. Selecione Avançar e dê um nome ao atalho, como Steam.

Para alterar o ícone do atalho, clique com o botão direito do mouse e selecione Propriedades e, em seguida, selecione Alterar ícone. Navegue até o seu diretório Steam, então dê um duplo clique em Steam.exe. Talvez você também queira selecionar Minimizado na seção "Executar" no mesmo menu "Propriedades". Assim, você não verá uma janela de prompt de comando quando esse arquivo em lote for executado.

Você terá um ícone parecido com o seu aplicativo Steam comum na área de trabalho, exceto que ele desativará seus monitores secundários durante a inicialização e os reativará quando você sair. Você também pode clicar com o botão direito do mouse neste ícone para adicioná-lo ao seu menu Iniciar. Tente emparelhar este truque com o modo Steam Big Picture para um efeito dramático.

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail