Home > Notícias

Claro expande recurso de videochamadas em celulares 3G para a internet

Para usar o serviço é preciso ter webcam, microfone e banda larga a partir de 128 Kbps. Cada videochamadas custa R$ 0,60.

Redação do Computerworld

03/03/2008 às 15h24

Foto:

A Claro estendeu o recurso da videochamada - aquela que permite visualizar o rosto do interlocutor em uma ligação pelo celular - para a internet. Agora, os usuários da companhia podem enviar e receber videochamadas pela web ou pelo celular de terceira geração. Além disso, não-assinantes ganham a opção de receber o vídeo de ligação pela internet.

Para usufruir do serviço pela internet é necessário um computador com
câmera web acoplada e microfone, além de conexão banda larga à internet
com velocidade igual ou superior a 128 Kbps.

Leia também:
> Quais serviços 3G já estão no mercado
> Quais são as vantagens da rede 3G
> Fotos: celulares 3G

Segundo a companhia, o preço cobrado pelas videochamadas pela internet
é o mesmo entre os celulares, de 60 centavos de real por minuto.
Clientes da operadora que ainda não tenham a terceira geração podem
enviar videochamadas pela web para quem já tiver o recurso. Os
não-assinantes, por sua vez, podem receber pela internet as mensagens
enviadas de qualquer celular Claro 3G.

Os novos recursos estão disponíveis em todas as capitais em que a operadora já lançou a terceira geração de telefonia móvel, desde novembro de 2007. A terceira geração permitiu a oferta de serviços como a videochamada, além das conexões em alta velocidade pelo telefone móvel.

A operadora do grupo mexicano América Móvil já implantou a nova geração em 40 municípios de todo o Distrito Federal e regiões metropolitanas de São Paulo, Rio de Janeiro, Recife (PE), Fortaleza (CE) e Porto Alegre (RS).

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail