Home > Notícias

Escola de SP adota iPad como “caderno” para uso em sala de aula

Cada um dos 650 alunos do 9º ano do Colégio Porto Seguro recebeu um iPad para anotações, pesquisas e acesso à biblioteca digital

Da Redação

31/03/2014 às 23h16

Foto:

Os 650 alunos do 9º ano do Colégio Visconde de Porto Seguro, em São Paulo, incorporaram o tablet como material escolar. A escola está disponibilizando para cada um dos estudantes do último ano do ensino Fundamental um iPad que vai acompanhá-los pelos próximos anos até a conclusão do Ensino Médio.

No projeto Porto Tablet, lançado no final de março, cada um dos 650 alunos recebeu um iPad que será utilizado, diariamente, em sala de aula como ferramenta de estudo para anotações, acompanhamento de aulas e acesso à biblioteca digital com apostilas, livros e outros materiais digitais preparados pelos professores.

Segundo a diretora de tecnologia educacional do Porto Seguro, Renata Pastore, o projeto seguirá quatro pilares:
registro, organização pessoal, produção de conteúdo e pesquisa. “A ideia é que os alunos fiquem ainda mais antenados e se preparem para assumir os desafios do Ensino Médio e, futuramente, no mercado de trabalho”, afirma a diretora.

Fundado em 1878 pela comunidade germânica, o Colégio Visconde de Porto Seguro é certificado pelo governo alemão como uma escola de excelência. O colégio oferece infraestrutura da Educação Infantil à 3ª série do Ensino Médio e prepara estudantes para ingressar em universidades de ponta no Brasil, além de oferecer o Abitur, certificação oficial utilizada para ingressar em faculdades europeias. Sua comunidade escolar é composta por cerca de 10 mil alunos, 600 professores e mais 400 profissionais da área pedagógica.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail