Home > Notícias

Com 1% de participação, Chrome já é maior que Opera e Netscape

Market share do navegador do Google saltou de zero para 0,4% uma hora após o lançamento, segundo a Net Applications.

Computerworld/EUA

03/09/2008 às 16h34

Foto:

O Chrome, novo navegador do Google, já conquistou mais e 1% do mercado de navegadores no seu primeiro dia disponível para o público, segundo dados de análise de tráfego de internet.

Tanto a consultoria norte-americana Net Applications quanto a irlandesa StatCounter contabilizaram a participação de mercado do Chrome em cerca de 1% nas primeiras 24 horas após seu lançamento, passando à frente de rivais como o Opera e o ancião Netscape.

A StatCounter monitora o tráfego dos sites de seus 1,5 milhão de membros. Já os dados da Net Applications são compilados a partir de uma média de 160 milhões de visitantes mensais em sites monitorados pela ferramenta.

Mais sobre o browser do Google:
> Chrome é mais rápido que Firefox e IE
> Review: confira a avaliação do Chrome
> Chrome está vulnerável a ataque
> Google lança Chrome no Brasil
> Conheça os recursos do Google Chrome
> Screenshots do Google Chrome
> Microsoft: concorrência é positiva
> Análise: Google desafia Microsoft
> Quadrinhos revelam browser do Google
> Enquete: por que você usaria o Chrome?
> Mozilla: browser do Google não é surpresa

A Net Applications, que está monitorando o crescimento no navegador hora-a-hora, chegou a registrar pico de 1,48% de participação para o Chrome na noite de terça-feira. A participação do navegador do Google saltou de zero para 0,4% uma hora após o lançamento. Nove horas depois, o navegador já tinha conquistado 1% do mercado.

“Certamente o uso vai aumentar à noite e aos finais de semana, já que as empresas não vão querer seus funcionários testando o Chrome no trabalho”, avalia Vince Vizzaccaro, vice-presidente executivo de marketing da Net Applications.

Segundo ele, o mesmo acontece com o Firefox, que tem picos de audiência fora do horário de expediente.

Com 1% de participação, o Chrome já superou o Opera, que encerrou agosto com 0,74% de mercado, e o moribundo Netscape, que ainda tem 0,72% de participação.

No mesmo mês, o Internet Explorer teve 72,2% de participação, enquanto o Firefox e o Safari ficaram com, respectivamente, 19,2% e 6,4% de participação.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail