Home > Notícias

Com laboratório de sustentabilidade, USP amplia coleta de eletrônicos

Colete de eletrônicos de pessoas físicas será feita a partir de abril e laboratório começa a funcionar até junho.

Daniela Braun para a Computerworld

29/03/2010 às 12h12

Foto:

Entre maio e junho deste ano, a Universidade de São Paulo (USP) inaugura um Laboratório de Sustentabilidade (LASU) cuja proposta é promover pesquisas ligadas à reciclagem de eletroeletrônicos e incentivar a iniciativa privada da elaboração de projetos sustentáveis, informa a professora Tereza Cristina Carvalho, que dirige o Centro de Descarte e Reuso de Resíduos de Informática (Cedir), inaugurado em dezembro de 2009.

Com base na experiência do Cedir, que começa a receber equipamentos de pessoas físicas para reciclagem a partir de 1º de abril, o LASU (palavra que significa ‘para cima’ em italiano) também pretende incentivar projetos de inclusão social. “A indústria de reciclagem pode gerar empregos, abrindo caminho para projetos sociais como o treinamento de pessoas para ingressar nesta nova indústria”, explica Tereza.

Atualmente, a diretora do Cedir discute um projeto de capacitação de jovens para o primeiro emprego na separação de materiais recicláveis, junto ao Projeto Jovem Aprendiz e a uma grande rede varejista brasileira. “Se as empresas souberem aproveitar podem criar oportunidades de inclusão social”, afirma.

Ampliando a rede
Até o final do semestre, o Cedir amplia os pontos de coleta seletiva a locais onde a USP possui algum ponto de atuação, incluindo a Faculdade de Direito da USP, o Centro Universitário Maria Antonia e o Hospital das Clínicas, em São Paulo. Além disso, o centro também vem orientando outras universidades, prefeituras, associações de bairro e pessoas interessadas em abrir microempresas para promover a reciclagem de eletrônicos.

Em abril, o Cedir também vai promover um concurso na internet para a criação de sua logomarca entre alunos de graduação de todo o Brasil. “É uma forma de divulgar a ideia de sustentabilidade do lixo eletrônico”, explica Tereza.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail