Home > Notícias

Com o iAd, Apple leva publicidade ao iPhone

Plataforma anunciada nesta quinta-feira (8/4) vai permitir a inserção de anúncios interativos nos apps; receita será repartida com o desenvolvedor.

Macworld.com

08/04/2010 às 17h45

Foto:

A Apple lançou nesta quinta-feira (8/4) uma plataforma de publicidade específica para o iPhone. A nova tecnologia, chamada iAd, terá sua estreia na próxima atualização do sistema operacional da Apple. O anúncio foi feito durante o evento que apresentou uma prévia do iPhone 4.0.

“Diversos apps para iPhone são gratuitos, ou vendidos a preços como 99 centavos ou 1,99 dólar. E gostamos disso. Usuários também gostam”, disse o CEO da Apple, Steve Jobs, à imprensa durante a apresentação. “Mas estes desenvolvedores precisam encontrar um meio de fazer algum dinheiro. E nós gostaríamos de ajudá-lo.”

O iAd permitirá que os desenvolvedores incluam anúncios diretamente em seus apps. Os anúncios, por sua vez, serão projetados para oferecer um ambiente promocional rico, de forma que sejam miniapps dentro do app. De acordo com Jobs, eles são escritos inteiramente no padrão HTML5 – um claro golpe na direção da plataforma Flash, da Adobe.

De acordo com Jobs, o usuário médio de iPhone gasta cerca de 30 minutos por dia usando apps. “Se nós dissermos que queremos colocar um anúncio a cada 3 minutos, isso resultaria em 10 anúncios por aparelho por dia. Em breve teremos 100 milhões de aparelhos rodando o sistema do iPhone. Isso leva a um bilhão de oportunidades de anúncio por dia na comunidade de iPhone e iPod Touch”, disse Jobs. “Esta é uma bela oportunidade.”

Interatividade
A interatividade tem papel central na nova tecnologia. No evento de quinta-feira, Jobs demonstrou um minigame baseado na animação Toy Story 3, uma miniloja com a marca Target e um vídeo comercial de tela cheia da Nike.

“Nós também queremos mudar a qualidade dos anúncios”, disse Jobs.

Como os anúncios são baseados em tecnologias conhecidas, os desenvolvedores deverão ser capazes de lucrar não apenas com a inserção de anúncios em apps mas também com a elaboração de anúncios.

Os anúncios disponíveis por meio da plataforma iAd serão vendidos diretamente pela Apple, que repartirá a receita com os desenvolvedores cujos apps servirão para exibir a publicidade.

Diferentemente do que acontece na App Store, em que a receita é dividida em 70% para a Apple e 30% para o desenvolvedor, apenas 60% da receita dos anúncios serão repassados para o desenvolvedor – uma divisão que, comparada com o que ocorre em outras empresas, mostra-se vantajosa, segundo a Apple.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail